Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fantástica tempestade de areia no oeste da Bahia

05/01/2016 às 20:48
por Josélia Pegorim

Atualizado 06/01/2016 às 18:28

O vídeo a seguir mostra imagens de uma fantástica tempestade de areia. Poderia ser no Arizona, nos Estados Unidos, ou em algum lugar no Oriente Médio, mas isto ocorreu no Nordeste do Brasil, na Bahia.

A incrível tempestade de areia foi registrada na tarde de 4 de janeiro de 2016 por Gabriel Barbosa Júnior e compartilhada com a Climatempo. Ele filmou o fenômeno enquanto trafegava por uma rodovia entre as cidades de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. As rajadas de vento chegaram a 61 km/h em Barreiras entre 16h e 17h (horário local), mesmo horário em que o vídeo foi feito. 

 

 

 

 

O vídeo tem cerca de 3 minutos e em certo momento será possível ver como a parte da parede de poeira avança sobre a rodovia. Note como a visibilidade fica bastante reduzida no horizonte.

 

 

 

 

A tempestade de areia foi um dos efeitos do impacto da chegada de uma forte frente fria que avançou sobre a Bahia e que trouxe tempestades de água para muitas áreas do estado.

Tempestades de areia já foram observadas outras vezes no Brasil, mas esta do oeste da Bahia em 4 de janeiro é um fenômeno excepcional, realmente raro. A parede de poeira foi levantada por fortes ventos associados com a proximidade de aglomerados de nuvens carregadas. A prolongada estiagem, e com temperatura extremamente elevadas, deixou a superfície do solo seca e solta, o que facilitou o levantamento da poeira.

 

A imagem de satélite do fim da tarde de 4 de janeiro de 2016 mostra a situação meteorológica na hora da tempestade de areia. No círculo vermelho estão nuvens cumulonimbus.

 

 

 

 

Nuvens carregadas (manchas azuladas e vermelhas) associadas com a frente fria ainda surgiam sobre a Bahia no início da noite de 5 de janeiro de 2016. Estas nuvens vão crescer em várias regiões baianas até o fim da semana provocando temporais. Outras nuvens que se formam no Tocantins, no sul do Maranhão e do Piauí também podem avançar para o interior baiano trazendo tempestades. Não há mais condições para o levantamento intenso de poeira como ocorreu na tarde do dia 4, pois a chuva molha o solo e baixa a temperatura do ar.

 

 

 

 

Veja outra tempestade que ocorreu em Lucas do Rio Verde (MT). Imagens de Wender Lyra Belo.

 

 

 

 

A região de Jequié, no leste da Bahia, também teve uma tempestade de areia, mas menos organizada e não tão intensa como a que ocorreu na região de Barreiras. As images são de Rafael Morais. O vento forte derrubou a cobertura de um posto de gasolina caiu. 

 

 

 

 

Quer ver o vídeo de sua cidade aqui em nosso canal do Youtube, site e redes sociais? É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548. PARTICIPE!