Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Capitais do Nordeste podem ter chuva forte

29/03/2016 às 19:02
por Josélia Pegorim

Pancadas de chuva voltaram ocorreram em vários locais do litoral do Nordeste neste início de semana e se intensificaram nesta terça-feira. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre 14 e 17 horas choveu 32 mm em São Luis do Quitunde, em Sergipe. O total acumulado em 24 horas, entre 17h do dia 28 e 17 horas do dia 29 de março chegava a 56 mm. No mesmo período choveu 49,4 mm em Valença, no litoral da Bahia, 17,2 mm em Maceió, cerca de 15 mm em Recife. Em Campina Grande, na Paraíba, foram quase 28 mm de chuva entre 14 e 16 horas.

As nuvens carregadas que se espalharam pela costa norte do Nordeste, entre o Rio Grande do Norte e o Maranhão, são da Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) que se intensificou no extremo norte do Brasil. Outras áreas de nuvens se formaram sobre o mar na costa leste do Nordeste, e avançaram para o litoral espalhando a chuva entre Natal e litoral sul da Bahia. O aniversário de 427 anos de Salvador foi com pancadas de chuva frequentes e períodos com sol

 

 

 

Mais chuva

Pelo menos até a sexta-feira, estas áreas de instabilidade vão continuar ativas pelo litoral do Nordeste provocando pancadas de chuva frequentes, às vezes com moderada a forte intensidade. Todas as capitais do Nordeste ficam sujeitas a estas pancadas de chuva nos próximos dias. Há risco de raios principalmente entre Natal e São Luís

Estas áreas de instabilidade conseguem espalhar um pouco de umidade também pelo interior do Nordeste aumentando a chance de pancadas de chuva. Porém, o oeste da Bahia deve permanecer seco.

O mapa mostra a estimativa do volume de chuva que poderá ser acumulado sobre o Nordeste até o dia 3 de abril. Os tons de verde representam mais de 100 mm previstos.

 

 

 

Nordeste terá mais chuva no outono?