Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

El Niño manda no frio do outono de 2016

05/04/2016 às 23:11
por Josélia Pegorim

O calor do início de abril de 2016 tem irritado muitas pessoas. Em alguns lugares nos estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste, abril começou com temperaturas bastante acima da média, mas não se pode dizer que estamos passando por uma onda de calor no Brasil.

A pergunta mais insistente para os meteorologistas é “quando vai esfriar de verdade?”. A ansiedade pelos dias frios fica ainda maior quando vem a lembrança do quente outono/inverno de 2015. A falta de frio foi um dos destaques do ano passado. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia na cidade de São Paulo, 2015 foi o primeiro ano, desde 1943, em que a temperatura no Mirante de Santana não ficou abaixo dos 10,0°C em nenhum dia.

 

Fazer calor no início do outono no centro-sul do Brasil é até comum, mas o que realmente faz a diferença no outono de 2016 é que este é um outono com influência de um El Niño moderado. As alterações nas correntes de vento e na pressão atmosférica causadas pelo El Niño, em diversas regiões do globo, interferem na intensidade e no caminho das massas polares que avançam da Antártica para a América do Sul.

 

Nos  mapas da anomalia (diferença em relação à média) da temperatura da superfície do mar (TSM) de meados de novembro de 2015 e do início de abril de 2016 é possível perceber o desaquecimento das águas do oceano Pacífico Equatorial. Na escala de cores, quanto mais vermelho, mais quente.  

 

 

 

O El Niño está enfraquecendo rapidamente os principais centros mundiais de monitoramento do fenômeno concordam que as águas do oceano Pacífico Equatorial devem voltar ao padrão de temperatura normal até o fim do outono, durante o mês de junho. Mas até lá, quem manda é o El Niño.

 

 

 

Como o El Niño influencia as massas polares que entram na América do Sul? O que acontece quando o El Niño estiver fraco? O ar polar vai chegar com mais força? O centro-sul do Brasil vai esfriar “de verdade” ainda em abril? Quando São Paulo vai sentir o frio próximo dos 10°C?

Confira a entrevista com o meteorologista Alexandre Nascimento, um dos responsáveis pelas previsões climáticas na Climatempo.