Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Mar agitado e chuva no leste do Nordeste

29/07/2016 às 19:05
por Josélia Pegorim

Atualizado 29/07/2016 às 19:14

O mês de julho de 2016 termina com mar muito agitado e chuva na costa leste do Nordeste.

Ventos marítimos sopram moderados e constantes sobre a costa leste do Nordeste e estão levando muitas bandas de nuvens do mar para o continente. São nuvens com chuva de fraca a moderada intensidade e não provocam raios. Na animação das imagens de satélite, estas nuvens aparecem como manchas amareladas sobre o mar.

passagem de uma frente fria pelo litoral da Bahia neste fim de semana intensifica os ventos marítimos e o ar úmido chega com mais força ao interior do Nordeste. Neste fim de semana, muitas nuvens vão se formar até sobre o sertão da Bahia, de Sergipe, de Alagoas e Pernambuco, mas a chance de chover é baixa.

Mas o fim de semana será com chuva frequente em todo o litoral, na zona da mata e no agreste, do sul da Bahia até o Rio Grande do Norte. A chuva pode ocorrer várias vezes no sábado e no domingo, mas não há condições para temporais.

Com os ventos moderados, o excesso de nebulosidade e a chuva, o fim de semana será com temperatura amena nas capitais do leste do Nordeste.

 

 

 

Mar agitado e ressaca

Uma forte agitação marítima já é sentida no litoral das Regiões Sul e Sudeste e no fim de semana avança pela costa leste do Nordeste. Neste sábado, o mar fica muito agitado no litoral da Bahia, com ondas que podem alcançar 2,5m até a noite. Há risco de ressaca. O mar sobe rápido no decorrer do dia de Sergipe ao Rio Grande do Norte.

No domingo, o mar fica ainda mais agitado em toda a costa leste do Nordeste, com ondas que podem chegar aos 2,5m e risco de ressaca do sul da Bahia ao Rio Grande do Norte.

O mar permanece bastante agitado na segunda-feira, 1 de agosto.

 

Confira a previsão completa das ondas para o fim de semana

 

 

 

 

Julho com pouca chuva

Julho é um mês de chuva frequente e até volumosa na costa leste do Nordeste, mas este ano isto não aconteceu. Julho de 2016 termina sem eventos de chuva forte no leste do Nordeste e com chuva muito abaixo da média normal.

As águas frias na costa do Sudeste barraram as frentes frias e quase nenhuma conseguiu chegar ao litoral da Bahia A passagem das frentes frias pelo litoral baiano estimula o aumento das áreas de instabilidade na costa leste do Nordeste e também a ocorrência dos Distúrbios Ondulatórios de Leste (DOL), como as ondas de leste.

O mapa mostra a anomalia (diferença em relação à média) da chuva de julho no Nordeste de 2016, até o dia 28. Os tons de laranja representam chuva abaixo da média normal.