Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva de granizo em Curitiba

05/10/2016 às 19:14
por Josélia Pegorim

Atualizado 06/10/2016 às 15:41

A chuva não dá trégua em áreas do Sul do Brasil nesta quinta-feira. A passagem de uma área de baixa pressão atmosférica sobre a Região está induzindo a formação de nuvens carregadas e de rajadas de vento moderadas a fortes sobre Santa Catarina e também sobre o Paraná.

A chuva se intensificou no litoral norte catarinense e no leste do Paraná e grandes volumes estão sendo acumulados. Entre o fim da noite da quarta-feira e 14 horas desta quinta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 32 mm em Curitiba, 46,2 mm na ilha do Mel, no litoral e 43,4 mm em Morretes, também no litoral. Em Curitiba, a chuva veio forte com intensas rajadas de vento e queda de granizo.

 

No litoral norte de Santa Catarina, em Itapoá, o acumulado de chuva de 24 horas chegava a quase 95 mm às 14 horas.

Em Joinville, o volume de chuva entre 14 horas de ontem e 14 horas de hoje chegava aos 129 mm, pela medição do Epagri/Ciram, órgão de monitoramento meteorológico de hidrológico do governo de Santa Catarina. No mesmo período 84 mm em Garuva, no litoral norte.

A quantidade de chuva nestas áreas de Santa Catarina é muito elevada e com potencial para alagamentos. A Defesa Civil de Joinville registraram deslizamento de terra por volta do meio-dia desta quinta-feira.

Nas imagens de satélite, a nebulosidade associada a esta baixa pressão atmosférica aparece como as manchas em verde e azul que representam nuvens. Esses aglomerados de nuvens giram no sentido horário acompanhando o movimento dos ventos em torno do centro da baixa pressão.

 

 

 

Alerta para muita chuva em parte do SC e do PR

Estas áreas de instabilidade tendem a se deslocar para o mar, mas no decorrer desta quinta-feira ainda provocam chuva persistente principalmente sobre leste dos estados da Região Sul. Áreas como o litoral de Santa Cantaria, o vale do Itajaí, as regiões serranas entre Santa Catarina e o Rio Grande do Sul, o litoral norte gaúcho, a Grande Curitiba e o litoral do Paraná seguem a quinta-feira com tempo instável e a chuva prossegue até a noite.

No nordeste do Rio Grande do Sul, incluindo Porto Alegre, no litoral sul de Santa Catarina, na Grande Florianópolis, nas serras, gaúcha e catarinense, a chuva diminui até o fim da tarde. No leste do Paraná, vale do Itajaí e no litoral norte de Santa Catarina, a chuva aumenta no decorrer do dia e a noite desta quinta-feira deve ser muito chuvosa.

 

 

Confira alguns volumes de chuva que foram registrados em Santa Catarina.

 

 

 

Chuva por pouco tempo

Todo o Sul do Brasil está precisando de chuva, pois o mês de setembro terminou com chuva abaixo ou muito abaixo da média em praticamente toda a Região. A agricultura dos três estados está sendo prejudicada pela escassez de chuva. Mas os agricultores não devem esperar pela continuidade da chuva por muitos dias. As áreas de instabilidade provocam chuva nesta quinta-feira e se afastam para o mar. De sexta-feira até a segunda-feira, 10 de outubro, o tempo seco e com noites frias volta a predominar.

Na sequência de mapas, as manchas coloridas representam chuva e a cor branca indica tempo seco.

 

 

As condições para chuva forte e volumosa devem aumentar novamente no começo da segunda quinzena do mês