RJ tem mais chuva nesta quinta

14/12/2016 às 11:39
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/12/2016 às 05:35

Oferecimento
Rio transborda em Duque de Caxias e em Petrópolis

Atualizado às 5h30 do dia 15 de dezembro.

 

A chuva foi persistente nesta madrugada de quinta-feira na serra fluminense. Em Teresópolis, entre a meia-noite e 5h horas o volume de chuva chegou a 83,4 mm, conforme dados do INMET. Nas últimas 24h já foram 188,4 mm conforme o mesmo Instituto.

 

Com a persistência da chuva sobre a Região de Serrana do Rio De Janeiro, o nível dos rios subiram mais no decorrer da tarde e às 15h30 houve o transbordamento do rio Quitandinha, em Petrópolis, na altura da rua Coronel Veiga. Pela medição do INEA - Instituto Estadual do Ambiente -, órgão ligado ao governo do estado do Rio de Janeiro, o nível do rio Quintandinha  atingiu 2,38m às 15h30 superando a cota de transbordamento que é de 2,20m.

Às 22h, o Quitandinha continuava em transbordamento na região da Coronel Veiga, o rio Piabanha estava em alerta na altura de Corrêas Igreja e em outros locais de Petrópolis, a situação era de atenção.

Em Teresópolis, pela medição do INEA às 22h, o rio Fisher estava em situação de "alerta", na altura da Quinta do Lebrão. Nos demais rios, o nível ainda era de atenção.

Em Nova Friburgo, às 22h, a situação era de atenção nos rios Bengala, Grande e Santo Antonio.

Em Silva Jardim, às 22h, o nível do rio Capivari era de alerta máximo e não se pode descartar o risco de transbordamento no decorrer no decorrer da noite.

A chuva constante sobre o Grande Rio no decorrer da tarde e noite da quarta-feira, 14, também causou a elevação do nível dos rios. Às 17h30, segundo o INEA, o rio Saracuruna, em Duque de Caxias, estava em alerta e transbordou às 19h15.

 

A situação é de alerta total porque a chuva vai continuar no decorrer da noite desta quarta-feira e durante esta quinta-feira, 15 de dezembro.

 

Confira os maiores acumulados entre 22h do dia 13 e 22h do dia 14, segundo o CEMADEN

 

 

 

Frente fria forte

A chuva voltou a cair por todo o estado do Rio de Janeiro nesta quarta-feira por causa da chegada de outra frente fria ao litoral fluminense. Porém, esta frente fria tem forte intensidade para os padrões de dezembro.

O ar polar desta frente fria é forte e o impacto deste ar frio com o ar quente e úmido que predomina sobre a Região Sudeste estimula a formação de muitas nuvens e mais chuva.

As nuvens de chuva também são alimentadas de mais umidade pelos ventos marítimos que voltam a soprar constantes sobre o Rio de Janeiro.

 

 

Segundo o INEA - Instituto Estadual do Ambiente -, órgão ligado ao governo do estado do Rio de Janeiro, por volta das 11 horas, quase todos os rios na região de Petrópolis, de Teresópolis e de Nova Friburgo estavam em situação de atenção, mas o rio Quitandinha, no trecho no centro de Petrópolis, estava em alerta. Em Duque de Caxias, na Baixa Fluminense, o rio Saracuruna também subiu e atingiu a cota de alerta.

 

Confira a escala de alerta do INEA para o monitoramento dos rios

 

 

 

A previsão é de muita chuva também para esta quinta-feira, 15 de dezembro. Até a noite da quinta, a chuva dará poucos momentos de trégua no estado do Rio de Janeiro. Na sexta-feira, 16, a chuva diminui de forma geral no estado.

O aumento da chuva nesta quarta e na quinta-feira está associado com a passagem de outra frente fria pelo litoral fluminense, que vai reforçar as áreas de instabilidade que já estão espalhadas por quase toda a Região Sudeste do Brasil. Além do estado do Rio de Janeiro, várias regiões de Minas Gerais e Espírito Santo também receberão muita chuva até o fim desta semana.

 

Enchente e deslizamento

A situação é bastante preocupante porque estas regiões receberam grande volume de chuva em novembro e tiveram enchentes e deslizamentos de encosta. A chuva volumosa desta semana cai sobre solos que já estão muito úmidos e já não tem mais muito espaço para absorver a água da chuva. Os solos estão encharcados e mais vulneráveis aos efeitos desastrosos da chuva. Os rios também ficaram com níveis elevados depois da chuvarada de novembro.

 

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

19°
min

34°
max

0mm / 0%