Não tem furacão, mas mar fica agitado

15/12/2016 às 21:12
por Josélia Pegorim

Atualizado 15/12/2016 às 21:14

Oferecimento
Climatempo desfaz nova onda de boatos

A notícia de que um furacão iria passar sobre áreas do Sul e do Sudeste, atingindo não só o Rio De Janeiro e também São Paulo voltou a se espalhar pelas redes sociais esta semana. Se não eram os mesmos áudios e textos da semana passada, eram muito parecidos.

Pessoas comuns assustadas e jornalistas de grandes veículos de comunicação entraram em contato para obter maiores informações sobre este possível fenômeno destruidor que provocaria ondas enormes e ventania avassaladora.

A Climatempo esclarece que não existe nenhum furacão para chegar ou que já passou pelo Sul e pelo Sudeste recentemente. Novamente foi mais uma boataria veiculada nas redes sociais por pessoas de má fé. Infelizmente temos que conviver com este tipo de situação.

 

Como serão o verão 2017? Confira a previsão climática.

 

Não temos furacão, mas o mar ficou atipicamente agitado por causa da recente passagem de um forte ciclone extratropical pela costa do Uruguai. Este sistema deixou o mar bastante agitado e grandes ondas avançaram nesta quinta-feira, 15, pela costa da Região Sul do Brasil, com risco de ressaca para o litoral da Região Sul e parte do Sudeste. A Marinha do Brasil emitiu avisos de mar grosso/muito grosso e ressaca.

 

AVISO NR 1743/2016

AVISO DE RESSACA - validade 16h de 15/12/16 a 22h de 17/12/16

EMITIDO ÀS 1500 HMG - QUA – 14/DEZ/2016

RESSACA ENTRE SANTOS (SP) E ARRAIAL DO CABO (RJ) A PARTIR DE 151800 HMG. ONDAS DE SW/S 2.5/3.0 METROS.

VÁLIDO ATÉ 170000 HMG.

 

AVISO NR 1746/2016 - validade 22h de 15/12/16 a 22h de 18/12/16

AVISO DE RESSACA

EMITIDO ÀS 1330 HMG – QUI - 15/DEZ/2016

RESSACA ENTRE ARRAIAL DO CABO (RJ) E CABO DE SÃO TOMÉ (RJ) A PARTIR DE 160000 HMG. ONDAS DE S/SE 2.5 METROS.

VÁLIDO ATÉ 180000 HMG.

 

Mar agitado no Sul e no Sudeste

Nesta sexta-feira, a agitação marítima enfraquece no Sul e no litoral sul São Paulo já não há mais risco de ressaca. Mas entre Santos (SP) e o litoral norte do Rio de Janeiro, pode haver ressaca entre segundo a Marinha do Brasil, com ondas em torno de 2,5m , mas com picos maiores

No Espírito Santo o mar fica agitado, mas sem ressaca, com ondas de 1,5m a 2,0m.

No fim de semana, as ondas tendem a diminuir no litoral do Sul e do Sudeste, mas o sábado ainda será com mar agitado no litoral norte do Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo.

 

No mapa, a letra B representa o centro da baixa pressão do ciclone extratropical que provocou a agitação marítima. A lua cheia do dia 13 de dezembro colaborou para elevar a maré provocando a chamada maré de sigízia.

O ciclone extratropical já está completamente afastado da América do Sul e seus ventos fortes não conseguem mais atingir nenhuma área do continente.

A letra A indica o centro de um anticiclone de origem polar (alta pressão) que está associado com a forte massa de ar frio que se espalhou pelo Sul e Sudeste do Brasil causando frio intenso e atípico para dezembro. Esta alta pressão de origem polar é forte para esta época do ano e provocou os ventos fortes sentidos no Sul e no Sudeste no dia 15 de dezembro.

 

 

Este centro de alta pressão de origem polar vai continuar ao largo da costa do Sul e do Sudeste do Brasil nos próximos dias, mas perdendo força. Os ventos ainda podem ser moderados a fortes até o sábado, 17 de dezembro, mas enfraquecem no domingo. A proximidade com o ar polar deixa a temperatura baixa, as vai esquentar rapidamente a partir da tarde do próximo sábado.

 

Veja as ondas para o fim de semana no Climasurf

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

17°
min

28°
max

12mm / 67%

Rio de Janeiro - RJ

19°
min

33°
max

15mm / 90%