Perigo de desmoronamentos na região serrana do RJ

15/12/2016 às 11:14
por Maria Clara Machado

Atualizado 15/12/2016 às 11:35

Oferecimento
Volumes de chuva são extremamente elevados

A quinta-feira continua em alerta total para novos transbordamentos e risco de deslizamentos de terra na região serrana do Rio de Janeiro. O norte fluminense também segue em alerta para mais de enchentes e áreas alagadas. 



Os volumes foram extremamente elevados nas últimas 24 horas. O Cemaden, registrou 216 mm em Independência 2 e 193,24 mm em Alto da Serra, no município de Petrópolis. O acumulado chegou a 185 mm em Jardim Meudon, em Teresópolis.

Medições feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) também indicam chuva muito intensa com acumulado de 138 mm em Petrópolis e 219 mm em Teresópolis. Todos os valores surpreendem por ser no período de 24 horas, entre às 10 horas de quarta e às 10 horas desta quinta-feira (15). 

Situação de perigo deslizamentos 
Uma nova frente fria chegou ontem ao Rio De Janeiro e reforçou a instabilidade que já estava sobre o estado. "Por isso, as nuvens carregadas se formaram sobre a região serrana e provocaram muita", explica a meteorologista Fabiana Weykamp. A Climatempo chama a atenção para a situação de perigo na região serrana do Rio de Janeiro nesta quinta-feira. 

Há previsão para mais chuva hoje e, em alguns momentos, a chuva ainda pode ter moderada a forte intensidade. Com o solo muito encharcado, há grande risco para deslizamentos de terra.

Alerta de novos transbordamentos 
O rio Quitandinha, em Petrópolis, já transbordou ontem a noite. Segundo monitoramento do INEA, hoje, por volta das 10h45, todos os rios de Petrópolis e Teresópolis estavam em situação de atenção para transbordamento. A população deve permanecer atenta para o alto risco de novos transbordamentos. 

 

Situação na Baixada Fluminense
O rio Capivari em Xerém, no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, também transbordou provocando enchente. Também em Xerém, um deslizamento de terra soterrou uma casa na madrugada e deixou uma vítima fatal, segundo informações da Defesa Civil. Três casas que estão em situação de risco foram desocupadas. O Cemaden registrou quase 80 mm de chuva na estação medidora de Xerém 3 no período de 24 horas.  

 
A partir de amanhã (16), a chuva deve perder intensidade, mas não pára completamente. Ainda há previsão de chuva para a região serrana pelo menos até o começo da semana que vem. Será uma chuva intercalada com períodos de sol, mas que mantém o solo úmido e o nível dos rios cheios. 

Veja abaixo os maiores volumes de chuva sobre o Rio de Janeiro nas últimas 24 horas:

 

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

17°
min

32°
max

0mm / 0%