Chuva retorna ao Sul do Brasil

04/04/2017 às 10:54
por Maria Clara Machado

Oferecimento
Risco de temporais nos próximos dias

A umidade voltou a aumentar sobre o interior do Sul do Brasil com a chegada de áreas de instabilidade que avançaram do Paraguai durante a madrugada. A terça-feira (4) já começou diferente dos últimos dias, com bastante nebulosidade espalhada pelo interior da Região e registro de chuva de fraca a moderada intensidade, entre o norte gaúcho e o interior paranaense. A Grande Porto Alegre também amanheceu com chuva fraca



Hoje, uma frente fria se aproxima do Rio Grande do Sul
e vai ajudar a provocar pancadas de chuva pelo estado a partir da tarde. O risco de temporais será maior na fronteira gaúcha com o Uruguai. Outras áreas do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e do Paraná voltam a ter pancadas de chuva com raios no decorrer da tarde e da noite, mas ainda localizadas. No litoral de Santa Catarina e do Paraná o tempo fica firme nesta tarde.  

 

Risco de temporais nos próximos dias

Nesta quarta-feira (5), a frente fria passa pelo Sul do Brasil e juntamente com áreas de instabilidade associadas a um sistema de baixa pressão atmosférica no Paraguai, vai aumentar a chuva por todo o Sul.

"O sol vai aparecer em alguns momentos, mas as pancadas de chuva serão frequentes acompanhadas por raios e rajadas de vento", avisa o meteorologista Bruno Maon. Há risco de temporais nos três estados. 

Por grande parte do Sul do Brasil, a chuva já começa pela manhã. Porém, as áreas litorâneas de Santa Catarina e do Paraná devem receber chuva especialmente a partir da tarde. Lembrando que Florianópolis teve um grande volume de chuva entre domingo (2) e a segunda-feira (3) com acumulado de 40,2 mm no período de 24 horas, pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).  


O tempo vai ficar cada vez mais instável até o final da semana com a tendência de fortes pancadas de chuva. Os maiores volumes serão observados sobre o Rio Grande do Sul, variando de 100 a 150 mm. O oeste de Santa Catarina e o interior do Paraná também poderão acumular mais de 100 mm até o próximo domingo (9). Veja no mapa: 


Apesar da passagem da frente fria, não há expectativa de resfriamento para o Sul do Brasil. O ar polar não terá força suficiente para derrubar as temperaturas desta vez. A nebulosidade presente vai manter a sensação de abafamento na Região. 

Veja também: 
Chuva no BR - Análise 15 dias 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

13°
min

23°
max

7mm / 90%

Porto Alegre - RS

11°
min

15°
max

30mm / 90%