ALERTA

1 notificações

Reservatórios do DF sobem com chuva de novembro e dezembro

08/12/2017 às 21:34
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Confira a expectativa da chuva para este mês e para janeiro

Dezembro começou com chuva frequente sobre o Distrito Federal e sobre Goiás. A chuva voltou com força em novembro e o acumulado no mês superou a média normal. Em Brasília, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou cerca de 320 mm de chuva, quase 40% acima da média.

 

A chuva volumosa de novembro possibilitou uma grande elevação do nível dos dois reservatórios que fazem o abastecimento de água para a região do Distrito Federal. Pela medição da ADASA - Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal, o nível de armazenamento no reservatório Descoberto alcançou 10,4% no dia 8 de dezembro, sendo que no dia 23 de novembro de 2017, a corta era de apenas 5,5%. O valor de referência para dezembro é de 17%. As reservas de água quase dobraram em 15 dias.

 

 

Reservatório Descoberto, DF

 

No reservatório Santa Maria, o nível de armazenamento no dia 23 de novembro de 2017 estava em 21,9% e no dia 8 de dezembro subiu para 23,1%. Falta pouco para igualar o valor de referência para dezembro que é de 24,1%.

A região do Distrito Federal poderá ter vários eventos de chuva forte até o fim da próxima semana.

Confira a previsão para Brasília.

 

O mapa mostra a previsão do modelo GFS (Estados Unidos) para a chuva no Centro-Oeste até 23/12/17

 

Estimativa de chuva para o Centro-Oeste até 23/12/17

 

Projeção para dezembro/17 e janeiro/18

O Distrito Federal vive a maior crise hídrica de sua história por causa da chuva escassa nos últimos três períodos chuvosos, de 2014 para 2015, 2015 para 2016 e de 2016 para 2017. O ano de 2014 ainda teve chuva volumosa, mas a partir de janeiro de 2015, a chuva ficou bastante irregular e em geral abaixo do normal.

A chuva voltou forte em novembro e a projeção é de mais chuva no decorrer de dezembro. A chuva de janeiro não deve decepcionar. Mesmo com o retorno da chuva regular, a região do Distrito Federal ainda está muito longe de se livrar do racionamento de água que começou em janeiro de 2017.

 

Confira o comentário do meteorologista Alexandre Nascimento, especialista em previsão climática da Climatempo

"A projeção para as próximas semanas são bastante animadoras para o norte de Goiás e Distrito Federal. O volume previsto para a próxima semana é de muita chuva, podendo superar a marca de 150 milímetros, conforme podemos observar na projeção do modelo europeu ECMWF. O modelo americano GFS também projeta chuva bastante significativa. Depois a chuva diminui, mas não para. Desta forma, devemos fechar o mês de dezembro com volume superior a média histórica de chuva na região (de 20 a 30% acima do normal). A expectativa ainda será de  chuvas regulares para janeiro (dentro da normalidade, com semanas mais molhadas, intercalando com semanas mais secas). E isso é quem deve manter um bom nível de recuperação do Descoberto."

 

 

Reservatório Santa Maria, DF

 

Racionamento

O racionamento de água no Distrito Federal começou em janeiro de 2017 e atualmente vigora na forma de 24 horas sem água a cada seis dias. Pelas projeções da ADASA, se o Descoberto chegar a 50% de armazenamento em abril, o fim do período úmido, esta regra para o racionamento de água será mantida, mas fica afastado o aumento para do corte de água para 48 horas.

No dia 8 de dezembro de 2016, o Descoberto estava com 23,3% de armazenamento. Há dois anos, em 8 de dezembro de 2015, o nível do reservatório estava em 47,5%.

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF


min

20°
max

0mm / 0%