Temporais em Cuiabá, Brasília e em Goiânia

15/12/2017 às 14:22
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Em 15 dias, Cuiabá recebeu 50% de chuva acima da média para dezembro. Risco de chuva forte diminui no fim de semana.

A chuva caiu pesada na madrugada desta sexta-feira sobre Cuiabá e sobre Brasília. Na capital federal foram 35,0 mm em apenas 1 hora de chuva. O aeroporto de Cuiabá teve rajadas de vento com 50 km/h. Segundo o INMET, foram 44,4 mm acumulados sobre Cuiabá entre 10 horas do dia 14 e 10 horas do dia 15 de dezembro, pelo horário de Brasília. No mesmo período choveu 55,9 mm em Brasília.

 

O acumulado de chuva sobre Goiânia entre 10 horas do dia 14 e 10 horas do dia 15 de dezembro foi de 78,2 mm, a maior quantidade de chuva em 24 horas do ano, igualando o volume acumulado entre 20 e 21 de abril.

 

Chuva supera a média de dezembro em Cuiabá

A primeira quinzena de dezembro foi marcada por muita chuva em Goiânia, em Brasília e em Cuiabá. Em Campo Grande, como todo o Mato Grosso do Sul, a frequência das pancadas de chuva diminuiu em relação a novembro.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, Cuiabá acumulado em 15 dias 289,4 mm de chuva, o que representa 50% de chuva acima da média normal para dezembro que fica em torno dos 200 mm.

Em Brasília choveu quase 195,0 mm em 15 dias e a média para dezembro é de aproximadamente 250 mm. O acumulado do mês até agora está apenas 22% abaixo da média.

Em Goiânia choveu aproximadamente 199,0 mm em 15 dias. Este volume acumulado está 23% abaixo da média que fica em torno de 270 mm.

O acumulado de chuva em Campo Grande na primeira quinzena de dezembro foi de proximamente 138 mm,  valor que está 40% abaixo da média para o mês.

 

Temporais diminui nos próximos dias

As áreas de instabilidade enfraquecem nos próximos dias sobre Goiás, Distrito Federal e sobre o Mato Grosso. Um sistema de alta pressão atmosférica ganha força sobre o Centro-Oeste, o que vai reduzir o nível de umidade. As pancadas de chuva ainda vão ocorrer, porém com menor frequência, em menos áreas e o risco de tempestades também tende a diminuir. Porém, para o estado de Mato Grosso do Sul, a tendência é de aumento das condições para chuva.

 

Neste sábado, embora as áreas de instabilidade já comecem a enfraquecer, ainda pode chover com moderada a forte intensidade sobre Goiás, sobre o Distrito Federal e sobre Mato Grosso. O risco existe também para as três capitais. Em Mato Grosso do Sul, a chance de chover é menor e o risco de temporais é baixo. O sol fica forte o dia todo e faz bastante calor.

Já para o domingo, a previsão é de a quantidade de pancadas de chuva aumente sobre o Mato Grosso do Sul. Pode chover forte, inclusive em Campo Grande. Além do calorão, o avanço de uma frente fria pelo litoral da Região Sul do Brasil vai facilitar a formação de nuvens carregadas sobre o Mato Grosso do Sul.

 

A quantidade de pancadas de chuva e o risco de temporais diminuem no domingo em Goiás e no Distrito Federal, mas ainda pode chover forte em Mato Grosso.

Na segunda-feira, as condições para chuva continuam aumentando sobre o Mato Grosso do Sul e diminuem nas demais áreas do Centro-Oeste. Acompanhe a previsão para o Centro-Oeste.

 

 

Foto de Wiliam Nascimento, Brasília (DF)

 

 

#Fotografeotempo! A sua foto poderá ficar em destaque. Participe!

 

seu vídeo pode ser divulgado no nosso canal do Youtube, no site e nas redes sociais. É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548.

 

Notícias - informações importantes do tempo e do clima

 

Agroclima Pro: produtividade e redução de custos para o seu negócio

 

Climatempo Consultoria: monitoramento, planejamento, previsão climática

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

21°
min

34°
max

0mm / 0%

Campo Grande - MS

14°
min

26°
max

0mm / 0%