Risco de chuva forte em capitais do Nordeste

12/02/2018 às 17:55
por Josélia Pegorim

Oferecimento
ZCIT continua ativa na costa norte do Brasil, mas nuvens carregadas também devem se espalhar sobre o leste do Nordeste nos próximos dias.

As áreas de instabilidade que provocaram a chuva forte sobre o Ceará fazem parte da ZCIT - Zona de Convergência Intertropical - que vai continuar ativa na costa norte do Nordeste nos próximos dias.

A ZCIT é um sistema meteorológico da circulação atmosférica global e sua influência no Brasil é sentida no norte do país (norte das Regiões Nordeste e Norte) durante o verão e o outono no Hemisfério Sul.

 

 

Muita chuva no Ceará

A segunda-feira de carnaval foi marcada por muita chuva sobre a Grande Fortaleza e em sobre várias áreas do Ceará. Nuvens bastante carregadas avançaram do mar e se espalharam pelo Ceará provocando a chuva forte.

Entre 14h30 do domingo, dia 11, e 14h30 da segunda-feira, 12 de fevereiro, o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais -  registrou até 66,6 mm em Maracanaú, 57,2 mm em Fortaleza e 53,0 mm em Caucaia. Já a FUCEME registrou 104,0 mm em Pindoretama e 95,0 m em Beberibe.

As nuvens carregadas que vieram do mar provocaram chuva forte também pelo interior do Ceará. Pela medição da FUNCEME (Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos), do governo do Ceará, choveu 72 mm em 24 horas em Granja e 61,0 mm em Crateús.

Confira os 10 maiores volumes de chuva registrados pela FUNCEME entre 14 horas de 11/2/18 até 14h de 12/2/18

 

Pindoretama (posto Pindoretama): 104.0 mm

Beberibe (posto Uruau Carrapicho): 95.0 mm

Tianguá (posto Pindoguaba): 75.0 mm

Beberibe (posto Beberibe): 72.0 mm

Granja (posto Pessoa Anta): 72.0 mm

Crateús (posto Ibiapaba): 61.0 mm

Ibiapina (posto Santo Antonio da Pindoba):55.2 mm

Alcântaras (posto Alcântaras): 55.0 mm

Santa Quitéria (posto Santa Quitéria): 52.9 mm

Bela Cruz (posto Bela Cruz): 50.0 mm

 

 

Chuva forte Fortaleza 12-2-18

 

 

Chuva da ZCIT

 

A maior influência da ZCIT será sentida no Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão. Pelo menos até o sábado, 17 de fevereiro, nuvens carregadas devem se espalhar especialmente sobre estes estados. As capitais Fortaleza, Teresina e São Luís terão pancadas de chuva frequentes e algumas podem ser fortes e com raios. Há previsão de pancadas de chuva nos próximos dias também para áreas de serão da Paraíba, de Pernambuco e do extremo norte da Bahia.

 

Atenção para chuva entre Natal e Recife

As condições para chuva tendem a aumentar também em parte do leste do Nordeste no decorrer da semana. Entre a quarta-feira, 14, e sábado, 17 de fevereiro, áreas de instabilidade devem ganhar força na costa entre o Rio Grande do Norte e Pernambuco. Nuvens carregadas podem atingir as capitais Natal, João Pessoa e Recife provocando chuva moderada a forte e com raios.

Pancadas de chuva são esperadas no decorrer da semana também para litoral de Alagoas, de Sergipe e de da Bahia, mas não há expectativa de chuva intensa.

 

 

Foto de Raimundo Souza, Ubajara (CE)

CIDADES RELACIONADAS

São Luís - MA

24°
min

32°
max

10mm / 80%

Natal - RN

24°
min

31°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Crescente
    16/10
  • Cheia
    24/10
  • Minguante
    02/10
  • Nova
    09/10

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06