Áreas de instabilidade se espalham por todo o litoral nordestino

01/05/2018 às 13:15
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Áreas de instabilidade se espalham por todo o litoral nordestino

A chuva caiu forte volumosa na virada de abril para maio em capitais do leste do Nordeste. João Pessoa e Maceió lideraram a lista dos 10 maiores volumes de chuva em 24 horas no Brasil, no período entre 9 horas do dia 30 de abril e 9 horas de 1 de maio. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 78,4 mm em João Pessoa, capital da Paraíba, e 74,0 mm em Maceió, capital de Alagoas.

 

O sol reapareceu forte em João Pessoa nesta terça-feira, 1 de maio, mas ainda há condições para pancadas de chuva. Em Maceió, o céu continuava carregado de nuvens, mas as pancadas de chuva pela manhã foram fracas.

 

 

10 maiores volumes de chuva no Brasil em 1/5/18

 

Mais chuva no litoral do Nordeste

Áreas de instabilidade ainda crescem pelo litoral do Nordeste nesta quarta-feira, 2 de maio, e há previsão de mais pancadas de chuva. Porém, de forma geral, não há expectativa de que chova forte.

Na região entre as capitais Fortaleza e Aracaju, as pancadas de chuva podem ocorrer a qualquer hora, mas sempre com a presença do sol e com fraca a moderada intensidade.

Porém, na região de Salvador há uma tendência de intensificação das áreas de instabilidade. A chuva desta quarta-feira será mais persistente nestas áreas, com moderada a forte intensidade em alguns momentos.

Na região do litoral do Maranhão, as nuvens continuam com potencial para raios e pode chover com moderada a forte intensidade nesta quarta-feira.

As pancadas de chuva continuam até o fim da semana por todo o litoral do Nordeste e podem se intensificar novamente na sexta-feira, 4, na costa norte, entre o Rio Grande do Norte e o Maranhão.

 

 

Foto de Juarez, Salvador (BA)

 

Chuva no interior

As áreas de instabilidade que estão pelo litoral do Nordeste ajudam a manter as condições para a chuva sobre parte do interior da Região. Nesta quarta-feira, pancadas de chuva são esperadas para o interior do Maranhão, para o centro-norte do Nordeste, incluindo Teresina, centro-norte do Ceará e também para o agreste. O sertão de Alagoas e de Sergipe também podem ser beneficiados com um pouco de chuva nos próximos dias.

Ar seco na Bahia

Uma grande massa de ar seco ganhou força pelo interior do Brasil na última semana de abril e tem influenciado também o interior da Bahia. Este ar seco predomina sobre o centro-oeste e norte da Bahia e não há condições para chuva nos próximos dias

CIDADES RELACIONADAS

Aracaju - SE

23°
min

28°
max

5mm / 60%

Teresina - PI

22°
min

37°
max

5mm / 90%