ALERTA

1 notificações

Hagibis: o tufão que mudou o cronograma do GP de F1 no Japão. 

11/10/2019 às 15:39
por Josélia Pegorim

Atualizado 11/10/2019 às 17:20

Oferecimento
Tempestade pode ser a pior do Pacífico Oeste em 2019 e deve atingir Suzuka e Tóquio no sábado, 12 de outubro.

Marcado para este sábado, 12 de outubro, o treino classificatório para o grande prêmio de fórmula 1 de Suzuka 1 foi remarcado para o domingo, dia 13, por causa da presença do tufão Hagibis no JapãoAté a publicação desta matéria, ainda não havia notícias sobre mudanças da corrida de Suzuka, que está programada para o domingo, 13.

 

 

Por volta das 17h30 UTC da sexta-feira, 11 de outubro (14h30 em Brasília, 2h30 da madrugada do sábado, 13, em Tóquio) os satélites meteorológicos mostravam que praticamente todo o Japão já estava coberto pela nebulosidade do tufão Hagibis. A parte de nuvens mais carregadas ainda estava sobre o mar.

 

 

Tufão Hagibis em 11/10/2019 16:00 UTC

 

 

Furacões e tufões são o mesmo sistema, ou seja, ciclones tropicais que atingem ventos sustentados de pelo menos 119 km/h. O tufão Hagibis, atualmente é a tempestade mais forte e com o maior potencial destrutivo em atividade. Inclusive, há grandes chances de essa ser a tempestade mais intensa do ano no Pacífico Oeste.

 

Formado no último fim de semana,5 e 6 de outubro, este tufão teve uma rápida evolução, indo de tempestade extratropical à ciclone categoria 4 em apenas um dia. 

 

Comparando Hagibis com um furacão, atualmente ele está na categoria 4 da escala Saffir-Simpson, que mede a intensidade dos furacões, e que vai até 5. Pela análise da Agência Meteorológica do Japão (JMA) das 16h45 UTC de 11 de outubro (13h45 em Brasília), o tufão Hagibis estava com pressão mínima de aproximadamente 935 hPa em seu centro, provocando rajadas de vento com até 234 km/h.

 

 

Tufão Hagibis próximo do Japão em 11/10/2019 - 16:00 UTC

 

 

 A StormGeo/Climatempo prevê que o sistema faça “landfall”, isto é, toque o continente japonês, ocorra na ilha de Honshu, a maior ilha do Japão, onde está Tóquio, neste sábado, às 12 horas (horário de Brasília). Durante a passagem pelo Japão, a tempestade tem alto poder destrutivo, com rajadas de vento de até 190 km/h.  

 

 

Trajetória do tufão Hagibis em 11/10/2019

 

 

Acompanhe a evolução dos ventos e o deslocamento deste tufão pelo site da Climatempo. Mova o mapa com o mouse até chegar na região do Japão.

 

 

Circulação de ventos do tufão Hagibis em simulação do modelo atmosférico GFS

no site da Cimatempo

 

 

Pela  trajetória prevista para o tufão Hagibis, o sistema deva atingir com muita força a região de Tóquio. Além da ventania, a chuva muito volumosa e grandes ondas devem afetar o Japão nos próximos dias causando enchentes, alagamentos e deslizamento de terra.

 

No mapa de trajetória da JMA, de 11/10/19 às 16h00 UTC (13h00 em Brasília), os círculos em tracejado branco representam uma probabilidade de 70% de acerto da previsão da posição do sistema.

 

 

Projeção de deslocamento do tufão Hagibis em 11/10/2019

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

17°
min

30°
max

8mm / 80%