Outubro muito quente e seco em São Paulo

31/10/2019 às 18:48
por Josélia Pegorim

Atualizado 31/10/2019 às 23:25

Oferecimento
Segundo o INMET, média das máximas ficou 3,2°C acima do normal. Confira o balanço da temperatura e de chuva de outubro de 2019.

 

Sobrou calor e faltou chuva em São Paulo em outubro de 2019. Pela medição do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia - no Mirante de Santana, na zona norte da capital paulista, a média das temperaturas máximas e das mínimas ficaram acima do normal e o volume de chuva acumulado em 31 dias ficou abaixo da média histórica.

 

Temperaturas

A maior temperatura de outubro de 2019 foi de 35,6°C, no dia 27. A menor temperatura de outubro de 2019 foi de 14,9°C, no dia 21.

 

A média das temperaturas máximas de outubro de 2019 foi 29,1°C, valor que ficou 3,2°C acima da média Climatológica de máxima que é de 25,9°C. 

Em relação às máximas, outubro de 2019 foi o outubro mais quente na capital paulista desde 2012, portanto em 7 anos, quando a média da temperatura máxima foi de 29,4°C.

 

A média das temperaturas mínimas em outubro de 2019 foi de 18,0°C e ficou 2,0°C acima da média climatológica que é de 16,0°C. 

Em relação às médias das mínimas, outubro de 2019 foi o outubro mais quente desde 2002, quando a média das temperaturas mínimas foi de 18,1°C. Em outubro de 2015, que foi um ano muito quente, a média das temperaturas mínimas foi de 17,8°C.

 

Chuva

A cidade de São Paulo teve poucos dias de chuva em outubro de 2019. Na região do Mirante de Santana, na zona norte da cidade, o INMET registrou apenas 5 dias com alguma chuva, mas a única chuva volumosa foi a que caiu na madrugada do dia 28, que deixou 34,0 mm acumulados. O total de chuva entre os dias 1 e 27 foi de apenas 12,2 mm.

 

O total de precipitação acumulado foi de 46,2 mm, volume de que está 64% abaixo da média histórica que é de aproximadamente 127 mm. 

Outubro de 2019 foi o outubro com menos chuva na cidade de São Paulo desde 2014, quando choveu apenas 25,2 mm neste mês.

 

Pelo levantamento do INMET, outubro de 2019 foi o sexto outubro menos chuvoso da série histórica de dados de 1943 a 2019.

 

 

  

Posição
Ano
Chuva em outubro (mm)
1 1985 15,2
2 2014 25,2
3 1943 30,2
4 1984 31,1
5 1986 43,9
6 2019 46,2
7 1949 49,3

 

 

Por que outubro foi quente e seco em São Paulo?

A explicação para a falta de chuva e o excesso de calor está no balanço da temperatura da água do mar do oceano Atlântico Sul na costa leste do Brasil. O padrão de temperatura desfavoreceu a passagem das frentes frias pela costa de São Paulo. Poucas frente frias conseguiram atuar no estado de São Paulo em outubro de 2019.

 

 

Foto de Nathalia Castro, São Paulo (SP)

 

 

 

O meteorologista Filipe Pungirum, da equipe de previsão de clima da Climatempo, explica que “ a água do Atlântico Sul estava com temperatura abaixo do normal na costa do Sudeste e do Sul do Brasil. Ao mesmo tempo, uma bolsão de água quente era observado no Atlântico Central, na altura da costa do Sudeste. Esta massa de água quente fez com que as frentes frias, e suas massas de ar frio, fossem desviadas para alto-mar. Assim, as frentes frias, e o seu ar frio de origem polar, não conseguiram atuar com eficiência sobre São Paulo durante o mês de outubro”.

 

 

Por que outubro de 2019 foi quente e seco em São Paulo?

 

As frentes frias, mesmo quando se deslocam só pelo mar, ajudam a manter e a formar áreas de nuvens de chuva sobre o interior do continente. Sem as frentes frias, menos nuvens se formaram sobre a região da cidade de São Paulo reduzindo a chance de chuva e deixando espaço para mais horas com sol forte. Com pouco ar frio e com muitas horas de sol, as temperaturas ficaram mais elevadas do que o normal.

 

O que esperar de novembro?

Filipe Pungirum prevê que “ novembro comece parecido com outubro, com dias bem quentes e com pouca chuva. Mas o mês não será todo assim. A previsão é de que a frequência da chuva vá aumentando gradualmente ao longo do mês. Assim, já no começo da segunda quinzena de novembro, as pancadas de chuva , e até temporais, devem retornar com maior regularidade sobre a região da Grande São Paulo”

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

20°
min

26°
max

15mm / 90%