ALERTA

1 notificações

As últimas notícias sobre a pandemia de coronavírus

13/04/2020 às 10:52
por Redação

Oferecimento
Mundo tem mais de 1,85 milhão de casos e mais de 114 mil mortes. Nos EUA, número de mortos em 24 horas cai para 1,5 mil.

Resumo desta segunda-feira (13/04):

Mundo tem mais de 1,85 milhão de casos confirmados e mais de 114 mil mortes
EUA registram 1,5 mil mortes em 24 horas
Brasil tem 22.169 casos confirmados e 1.223 mortes, segundo o Ministério da Saúde
China volta a registrar mortes por covid-19

 

09:00 – Cristo Redentor recebe iluminação especial para homenagear profissionais da saúde

Para homenagear os profissionais da saúde que trabalham na pandemia de covid-19, o Cristo Redentor, no Rio De Janeiro, ganhou iluminação especial na noite deste domingo de Páscoa (12/04). Foram projetadas na estátua bandeiras de países afetados pela pandemia, como China, Estados Unidos, Espanha, Itália e Brasil e mensagens e desenhos otimistas feitos por crianças.

 

Por fim, foi projetada uma imagem que "vestia" o Cristo com um jaleco como os usados por médicos e enfermeiros. Na vestimenta, havia dizeres como "obrigado" e "esperança" em várias línguas. A mensagem "Fique em casa” também foi projetada, assim como fotos de profissionais da saúde paramentados para o trabalho.

Neste domingo de Páscoa, com as igrejas fechadas devido a restrições ao movimento de pessoas, o cardeal Orani Tempesta realizou uma cerimônia solitária aos pés do Cristo, a 709 metros acima do nível do mar. Poucas horas antes, o reitor do Santuário do Cristo Redentor, Omar Raposo, lançou uma bênção aos habitantes do Rio de Janeiro. De um helicóptero no qual ele sobrevoou a cidade por cerca de uma hora.

 

08:10 – Mandetta defende unificação de discurso do governo

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse, em entrevista ao Fantástico, da Rede Globo, exibida na noite deste domingo (12/04), que é preciso uma unificação no discurso do governo quanto ao enfrentamento da pandemia." Ele [o brasileiro] não sabe se escuta o ministro da Saúde, se ele escuta o presidente”, afirmou. Mandetta também fez críticas a quem se baseia em fake news espalhadas pela internet para minimizar a gravidade da situação e destacou que o pior ainda está por vir: "maio e junho serão os sessenta dias mais duros para as cidades", disse.

 

Mandetta teve cautela ao falar do presidente Jair Bolsonaro, que na segunda-feira passada ameaçou demiti-lo e que, por diversas vezes, agiu de forma contrária ao recomendado pelo Ministério da Saúde, visitando o comércio e provocando aglomerações.

Questionado se a relação entre os dois preocupa, ele disse que sim, pois a população pode pensar: "será que o ministro é contra o presidente?". Porém, afirmou que "não há ninguém contra nem a favor de nada" e que o inimigo em comum é coronavírus.

 

06:10 – China volta a registrar mortes por covid-19

A China registrou 108 novos casos de infecção pelo novo coronavírus, incluindo dez de contágio local, o número mais alto desde 28 de março, informou nesta segunda-feira a Comissão de Saúde do país. Até a 0h desta segunda-feira (13h de domingo, em Brasília), morreram duas pessoas devido à covid-19, ambas na cidade de Wuhan, centro da epidemia, disse.

 

Os dez casos de contágio local ocorreram nas províncias de Guangdong, no sul do país, e de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia e novo epicentro de infecção na China devido ao fluxo de viajantes entre os dois países vizinhos. A cidade de Suifenhe, que fica do lado chinês da fronteira e se encontra em quarentena desde quarta-feira passada, já registrou cerca de 200 casos confirmados e mais de 100 casos assintomáticos, informou a agência de notícias oficial chinesa Xinhua.

 

05:00 – EUA registram 1,5 mil mortes em 24 horas

Os Estados Unidos registraram 1.514 mortes causadas pela covid-19, em 24 horas, de acordo a Universidade Johns Hopkins. O número de mortes por dia causadas pela covid-19 sofreu redução frente à contagem de sábado, em que os Estados Unidos da América tiveram 1.920 mortes no espaço de 24 horas. O número total de mortos nos Estados Unidos é agora de 22.109, sendo o país do mundo com mais mortes causadas pela covid-19.

 

Os Estados Unidos são também, de longe, o país com mais casos confirmados, tendo ultrapassado, na última sexta-feira, o meio milhão de pessoas infectadas. Atualmente, segundo a universidade americana, os EUA têm 557.590 casos confirmados.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 114 mil mortos e infectou mais de 1,85 milhão de pessoas em 193 países e territórios.

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

18°
min

26°
max

25mm / 90%

Brasília - DF

17°
min

27°
max

10mm / 90%