Sul esfria mais e volta a gear nas serras do RS e de SC

15/04/2020 às 18:12
por Redação

Oferecimento
Ciclone extratropical se afasta e vento enfraquece no litoral gaúcho. Curitiba e Florianópolis podem ter recorde de frio nesta quinta.

O ar frio de origem polar entra com mais força sobre o Sul do Brasil na madrugada desta quinta. temperar  um pouco e nas áreas serranas há risco de geada. temperaturas próximas de 0°C devem ser observadas em nos três estados da Região Sul.

 

Sol e mais frio

O presença do ar frio de origem polar sobre o Sul do Brasil deixa toda a Região com menos umidade. O ar fica seco e esta quinta-feira será ensolarada e muitas áreas vão ficar com céu todo azul. Só leste do Rio Grande do Sul deve ter muitas nuvens de manhã. Depois a nebulosidade diminui por lá.

O sol e o tempo seco vão predominar por todo o Sul do Brasil até o domingo. Até lá, não tem previsão de chuva.

 

Mas atenção com a queda da umidade do ar! Isto deixa as vias aéreas respiratórias (boca, olhos, narinas) mais sujeitas a entrada do novo coronavírus além de outros vírus de gripes. Os níveis de umidade vão baixar nos próximos dias e muitas áreas da Região Sul devem passar várias horas com níveis de umidade em torno dos 30% e até abaixo deste valor.

 

 

Foto de Maria Josélia Augusta, Curitiba (PR)

 

#fiqueemcasa, veja a previsão do tempo, vai lá na janela tomar um sol e clique #otempodajanela.


Geada e recorde de frio

Esta quinta-feira, 16, amanhece bastante fria em toda a Região Sul, com temperaturas entre 0°C e 5°C em várias regiões dos três estados. 

 

O frio aumenta em Curitiba e em Florianópolis e estas duas capitais podem bater o recorde de menor temperatura para este ano na madrugada desta quinta-feira.  Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura em 2020 em Curitiba até agora é de 9,1°C, em 4 de abril, e em Florianópolis a menor temperatura até agora é 12,9°C, em 9 de abril. Não há expectativa de novo recorde de frio para Porto Alegre a menor temperatura este ano na capital gaúcha é de 11,7°C, em 8 de abril.

 

condições para geada nas áreas serranas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina

 

Notícias sobre saúde e como se proteger da covid-19

 

Vento enfraquece, mas mar fica agitado

Enquanto isso, um ciclone extratropical se afasta do litoral gaúcho e assim o vento vai diminuir de intensidade.  Nesta quarta-feira, 15, o Instituto Nacional de Meteorologia ainda registrou rajadas variando de 65 até 95 km no sul e leste do Rio Grande do Sul e também na serra de Santa Catarina.

Confira abaixo as rajadas mais intensas registradas pelo INMET no período entre 15 horas do dia 14 e 15 horas de 15 de abril de 2020.

 

Bom Jardim da Serra/Morro da Igreja (SC): 95 km/h

Mostardas (RS): 90 km/h

São José dos Ausentes (RS): 79 km/h

Santa Vitória do Palmar (RS): 72 km/h

Tramandaí (RS): 65 km/h

 

Luvas descartáveis: proteção enganosa contra covid-19

 

Ressaca

Os fortes ventos causados pelo ciclone extratropical deixaram o mar muito agitado e grandes ondas cresceram. O ciclone começa a se afastar para alto-mar nesta quinta-feira, 16, mas o mar segue agitado em toda a costa da Região Sul. 

A Marinha do Brasil alerta para o risco de ressaca entre a região Chuí (RS) até o cabo de Santa Marta (SC), na região de Laguna, com ondas de até 2,5 metros

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

12°
min

18°
max

0mm / 0%

Porto Alegre - RS

10°
min

14°
max

10mm / 90%