Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

O clima e o ser idoso: envelhecimento e mudança climática

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

4 min de leitura

Um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), baseados em dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostrou que dos cerca 210 milhões de brasileiros, aproximadamente, pouco mais de 37 milhões já estão com 60 anos ou mais. 

 

Atualmente o Brasil é caracterizado como um país adulto em transição para ser um país idoso até o ano de 2050. Segundo a projeção do IBGE, a expectativa de vida média do brasileiro em 2021 está em quase 77 anos e  deve subir para cerca de 80 anos até 2050. Mas, a partir de 2047, a taxa bruta de mortalidade vai superar a taxa de nascimentos.

 

A Organização das Nações Unidas (ONU) declarou a década 2021-2030 como a “década do envelhecimento saudável”. Quantos você terá em 2050? Quem estiver com 31 anos em 2021 terá 61 anos em 2050 e será considerado um idoso jovem.

 

Você já pensou em como vai chegar em 2050 com uma mente e um corpo saudáveis? Além de uma alimentação regrada, de fazer exercícios físicos regularmente, você terá que considerar as transformações do Clima até 2050. Tanto o calor como o frio, o ar seco e o excesso de umidade interferem no funcionamento e no bem-estar do nosso corpo.

 

Uma coisa é certeza: o clima que teremos em 2050 será completamente diferente do que vivemos hoje. O peso da mudança climática será grande! No último relatório do Painel Intergovernamental para a Mudança Climática (IPCC),  os cenários projetados para as próximas décadas indicam uma atmosfera mais quente, com grandes alterações no padrão de chuva e da salinidade dos oceanos e isto interfere diretamente na produção de alimentos. Coloque nesta conta também o aumento de zoonoses, que são doenças infecciosas transmitidas entre animais e humanos.

 

O Dia Internacional do Idoso é comemorado em primeiro de outubro e por isso o podcast O Clima entre Nós propõe o tema: envelhecimento e a mudança climática. Como as condições do tempo e do clima influenciam o corpo de uma pessoa idosa?


Para falar sobre estes assuntos o podcast O Clima entre Nós conversou com o doutor Wilson Jacob Filho.  Ele é médico e professor da faculdade de medicina da USP, titular da disciplina de geriatria e um especialista também em gerontologia.

 

 

 

 

A Amazônia e a nossa chuva

 

Você tem aqui a versão em vídeo desta entrevista do O Clima entre Nós e que você encontra no canal Youtube da Climatempo

 

Todos os episódios do podcast O Clima entre Nós estão disponíveis também nas principais plataformas de áudio.

 

Mudança climática de 8 a 80 anos

 

Boa escuta!

 

+ mais notícias