Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Chuva cai volumosa sobre MG, ES e MS

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

Foto: Betim (MG), por Adriana Batista

3 min de leitura

Oferecido por

Foto: Betim (MG), por Adriana Batista

 


As áreas de instabilidade da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) estão espalhadas pelos estados do Sudeste, do Centro-Oeste e do Norte do Brasil. As nuvens carregadas se espalham sobre estas Regiões e provocam fortes pancadas de chuva, que deixam grandes acumulados em poucas horas.

 

Durante a noite da última quarta-feira, 10 de novembro, e na madrugada desta quinta-feira, 11, foram observados volumes de chuva extremamente elevados nos estados de Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Espírito Santo.


Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), em Cassilândia (MS) choveu 139 mm em apenas 4 horas. Apenas entre a meia-noite e 1 hora da madrugada desta quinta-feira (hora de Brasília) foram acumulados 69,2 mm. 


Em São Mateus (ES), o Inmet registrou 104 mm acumulados em 12 horas. Quase metade da chuva, cerca de 55 mm, caiu entre 21 e 22 horas da noite de ontem. Em Timóteo (MG), choveu 63,2 mm  apenas 4 horas.

 

Como é o impacto ambiental da dieta do brasileiro

 

Semana termina com mais chuva 

 

Os estados de Minas Gerais e Espírito Santo continuam em alerta para muita chuva até o próximo sábado. Vitória e Belo Horizonte podem ter chuva volumosa, que pode causar transtornos para a população. As áreas de instabilidade devem enfraquecer durante o domingo, mesmo assim ainda há previsão de chuva.


Já para Mato Grosso do Sul, a previsão é de diminuição da instabilidade a partir desta sexta-feira, quando o sul do estado já deve ter períodos com sol. As pancadas de chuva podem acontecer a qualquer hora na região de Campo Grande e nas outras áreas do estado. Há risco de chuva moderada a forte.

 

Durante o sábado, as áreas de instabilidade enfraquecem no centro-sul e leste de Mato Grosso do Sul permitindo períodos com sol e tempo seco.

 

Mas pancadas de chuva ainda devem acontecer no oeste e norte do estado. A população de Mato Grosso do Sul deve ficar atenta porque as áreas de instabilidade podem voltar a se intensificar a partir do domingo.

Conteúdo em Vídeo

Notícias Recomendadas

+ mais notícias