Ícone de alerta
Alerta anterior Próximo alerta Fechar alerta

Meteorologia: a grande aliada da construção sustentável

Compartilhar Compartilhe no Whatsapp Compartilhe no Facebook Compartilhe no Twitter

GettyImages

3 min de leitura

 

A sustentabilidade vem ganhando cada vez mais espaço nos debates, sendo atualmente um dos temas de maior preocupação entre as empresas de diversos segmentos. Na construção civil não é diferente, embora, na prática, o setor ainda esteja muito distante de um padrão sustentável.

 

Prova disto é o resultado da pesquisa divulgada pela consultoria Resultante, em 2021, que revelou que o setor de construção civil foi o que menos pontuou, obtendo apenas 39 pontos dos 100 possíveis. Ao analisar mais profundamente os dados, é possível observar que o quesito “ambiental” obteve apenas 25 pontos, representando um grande problema para o segmento.

 

De acordo com o Conselho Internacional de Construção (CBI), a construção civil é o maior consumidor de recursos naturais do mundo. Dados divulgados pela Organização das Nações Unidas (ONU) no 2021 Global Status Report for Buildings and Construction apontam que, no ano de 2020, o setor foi responsável por 36% do consumo de energia e por 37% das emissões de CO² em todo o mundo.

 

Consumo excessivo e emissão de carbono

Entre os muitos problemas enfrentados pelo setor, destacam-se o grande consumo de água e energia, o excesso e a gestão dos entulhos e sobras, além da utilização de matérias com grande emissão de carbono, como o aço - estima-se que, atualmente, entre 7% e 9% da emissão de dióxido de carbono na atmosfera seja proveniente da indústria do aço - entre outros.

 

O consumo excessivo de cimento é outro grande desafio do setor, pois estima-se que para produzir apenas este material é consumido um terço da matéria prima do planeta. Além disso, o cimento é o segundo item mais consumido do mundo, perdendo apenas para a água.

 

GettyImages

 

Parte da solução está na meteorologia

As informações meteorológicas vêm contribuindo para otimizar as operações, evitando “retrabalho”, paradas desnecessárias e, consequentemente, evitando desperdícios. Para isso, recomenda-se a utilização de plataformas de monitoramento meteorológico.

Os clientes da Climatempo, tem identificado no SMAC (Sistema de Monitoramento e Alertas Climatempo) a oportunidade para otimizar as suas operações, através das informações de:

 

● Histórico de dados: ajuda a identificar padrões e conhecer o clima característico da região;

 

● Previsão de tempo e clima: auxilia no planejamento das atividades, evitando que as atividades sejam realizadas em dias com condições meteorológicas desfavoráveis;

 

● Alertas meteorológicos com antecedência: contribuem para uma operação segura e livre de acidentes, permitindo que a paralisação da operação ocorra no momento certo.

 

Clique aqui e confira mais informações sobre o SMAC e os serviços da Climatempo

+ mais notícias