Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Neve confirmada em Santa Catarina

25/04/2016 às 21:18
por Josélia Pegorim

Atualizado 28/04/2016 às 01:24

Uma grande e forte massa de ar polar entrou sobre a América do Sul espalhando o ar frio sobre toda a Argentina, o Uruguai, Paraguai, parte do Peru, Bolívia e grande parte do Brasil. A combinação deste forte ar polar, ventos moderados a fortes e chuva causam acentuada queda da temperatura no país desde a segunda-feira.

 

Nevou em Santa Catarina

Esta forte massa polar continua tem força para esfriar a atmosfera até nas suas camadas superiores. Havia a expectativa de que nevasse nesta quarta-feira, 27 de abril, e o fenômeno foi confirmado até antes do esperado. A ocorrência de neve em abril não é comum.

Pelas redes sociais chegou a informação de que pequenos flocos de neve caíram em alguns locais da serra de Santa Catarina. Nevou à noite em São Joaquim, na serra catarinense, mas de forma rápida. Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura em Bom Jardim da Serra por volta das 20 horas era de 1,9°C abaixo de zero e em São Joaquim, 2,0°C positivos. Nevou fraco também   na região da Epagri (hotel Minuano). Houve registro de neve também no distrito de Cruzeiro.

 

 

 

Segundo a agência de notícias São Joaquim Online, a neve foi registrada em São Joaquim na noite desta última quarta-feira (27) e também na madrugada desta quinta-feira na Rodovia Caminhos da Neve. A temperatura estava em torno de 0ºC. Durante a tarde já havia nevado rapidamente na região dos distritos de Boava e de Cruzeiro.

Durante a noite do dia 27 de abril, as condições para nevar persistiram e foi possível observar a queda de pequeninos flocos, por alguns minutos. Os minúsculos flocos de neve são chamados pelos moradores locais de quireras, mas duraram poucos minutos e logo derreteram no chão.

 

Nebulosidade diminui e chance de neve é afastada

Ainda há uma possibilidade de queda de neve na madrugada da quinta-feira, 28, nas áreas mais elevadas das serras gaúcha e catarinense. Mas no decorrer da madrugada, a tendência é de diminuição da nebulosidade, o que afasta a chance de nevar. Pode  nevar em cidades como Urubici (SC), Urupema (SC), São Joaquim (SC) e São José dos Ausentes (RS). Sem as nuvens, as condições para geada é que aumentam. A quinta-feira amanhece com temperatura abaixo de zero em várias localidades das serras do Rio de Grande do Sul e de Santa Catarina.

As imagens de satélite mostram a diminuição da nebulosidade na região serrana destes estados.

 

Situação às 21h de 27/04/16

 

 

Situação às 6h de 27/04/16

 

Os ventos (setas azuis) do ciclone extratropical (centro de baixa pressão marcado pela letra B) jogam umidade para a região das serras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O centro da massa polar (A) provoca o frio intenso.

 

 

 

 

Nos mapas de simulação de ocorrência de neve feito em supercomputadores, a mancha azul indica a região onde poderia haver queda de neve.

 

 

  

 

Neve em Córdoba (Argentina)

Algumas áreas na região serrana da província argentina de Córdoba registraram queda de neve na manhã da segunda-feira, 25 de abril. A neve caiu na área de La Cumbrecita. A província de Córdoba fica na região central da Argentina, onde não é comum nevar em abril. A neve é comum na região da Patagônia.

O jornal local El Diário dá destaque para o fenômeno e informa sobre a continuidade do frio intenso no decorrer da semana. No quadro à direita, das notícias mais lidas, as matérias sobre o tempo ganharam destaque.

 

 

 

Frio intenso provoca geada

O centro (região mais fria) desta massa polar ficará muito próximo do Sul do Brasil entre os dias 28 e 30 de abril provocando frio intenso. Mesmo com a presença do sol, as temperaturas não vão se elevar muito ao longo do dia.  As madrugadas destes dias serão geladas na Região Sul e várias áreas dos três estados vão registrar temperaturas próximas zero grau e até negativas.

Alguma geada já poderá ocorrer nesta quarta-feira, mas só no sul gaúcho. Os dias de maior risco são 28 e 29 de abril. O frio vai provocar geada ao amanhecer, que poderá ser ampla e até com moderada a forte intensidade em alguns locais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina nestes dias.

Há chance de gear na Grande Curitiba ao amanhecer da quinta-feira, 28 de abril.

 

Confira a previsão para a Região Sul e para a cidade e previna-se da geada.

 

Nos mapas, o centro da massa polar é representado pela letra A e permanece próximo do Rio Grande do Sul até o dia 30, com ligeiro enfraquecimento neste dia.

 

 

 

 Saiba a diferença entre geada branca e geada negra