Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva fraca e garoa no leste do Sudeste

28/07/2016 às 19:36
por Josélia Pegorim

As áreas da Região Sudeste próximas ao mar terminam a semana com muita umidade e muitas nuvens, em contraste com o tempo seco que predominou nos últimos dias. O litoral de São Paulo, o estado do Rio de Janeiro e o sul do Espírito Santo passaram a quinta-feira, 28, com céu nublado e a temperatura teve forte queda em 24 horas.

Nesta sexta-feira, a infiltração de umidade do mar será ainda maior por causa do deslocamento de uma grande massa de ar polar pela costa da Região Sul do Brasil. Os ventos desta massa polar chegam moderados e constantes ao Sudeste espalhando o ar úmido pelo interior da Região. Mas a maior carga de umidade ficará concentrada no leste do Sudeste. A Grande São Paulo e o litoral paulista, todo o estado do Rio de Janeiro, o Espírito Santo, a Zona da Mata Mineira e o Vale do Rio Doce (MG) poderão ter garoa e ou chuva fraca nesta sexta-feira. A sensação de frio aumenta por causa da falta do sol e da presença do ar polar.

 

No Canal Inverno: dicas para se livrar de vez dos ácaros neste inverno

 

Mais umidade em BH

Um pouco do ar úmido chega sobre a região da Grande Belo Horizonte e mais nuvens devem ser formar nesta sexta-feira, mas não há expectativa de chuva. Ainda não choveu este mês em Belo Horizonte. A temperatura tem ligeira queda em relação aos últimos dias.

No fim de semana, a infiltração de umidade na Região Sudeste enfraquece, mas ainda poderá chover fraco e garoar em algumas áreas no leste da Região.

 

A meteorologista Josélia Pegorim explica a intensificação e os efeitos da infiltração de umidade do mar sobre a Região Sudeste.

 

 

 

Alerta para mar muito agitado e ressaca no litoral da Região Sudeste

 

 

 

 

Infiltração de umidade do mar

A mudança na nebulosidade sobre a Região que ocorreu nesta quinta-feira pode ser vista na imagem de satélite, no modo visível. Neste tipo de imagem, a cor preta indica pouca ou nenhuma nebulosidade. As nuvens aparecem como manchas acinzentadas.

Esta imagem mostra como a nebulosidade estava sobre o Sudeste às 11h30 de 28/07/2016. A maior quantidade de nuvens, e as mais densas, se espalhavam pelo leste de São Paulo, pelo estado do Rio de Janeiro, pela Zona da Mata Mineira e sobre o Espírito Santo. Choveu fraco em algumas áreas do litoral de São Paulo e do estado do Rio de Janeiro.

 

 

 

Entenda como relevo no leste da Região Sudeste ajuda a concentrar a umidade