Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ressaca pode ser forte do RS ao RJ

28/10/2016 às 13:55
por Josélia Pegorim

Atualizado 28/10/2016 às 22:07

Os fortes ventos de um potente ciclone extratropical que se formou no dia 26 de outubro entre o Uruguai e o Rio Grande do Sul deixaram o mar muito agitado. O forte swell gerado por este ciclone extratropical começou a espalhar grandes ondas e ressaca para a costa do Sul durante o dia 27 de outubro. Na costa de São Paulo, as ondas começaram a aumentar na manhã do dia 28 e devem continuar crescendo até a manhã do sábado, 29 de outubro, chegando fortes ao litoral centro-sul do estado do Rio de Janeiro, incluindo a cidade do Rio de Janeiro. É alto o risco de ressaca e de forte intensidade neste sábado em toda o litoral desde o Rio Grande do Sul até o Rio de Janeiro.

 

 Veja também:  2016, Ano de grande agitação marítima

 

Neste sábado, 29, praias do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro podem ter ondas de 4,0m!

Confira as ondas no Climasurf

 

Ondas de quase 10 m em mar aberto no RS

Na manhã de 27 de outubro, uma boia da Marinha localizada a cerca de 100 km da costa mediu ondas de 3,0m na região de Rio Grande, no litoral sul do Rio Grande do Sul. Por volta das 20 horas, as ondas já alcançavam cerca de 5,0m. No fim da manhã do dia 28, a altura das ondas atingiu 9,5m às 10h22. Às 19h07, a altura da onda foi de 8,9m.

A boia de Santos, localizada a cerca de 250 km da costa começou a sentir a chegada do swell na manhã de 28 de outubro e pouco antes do meio-dia registrava 2,8 mm de altura de onda, com tendência a subir mais. Às 19h06 a altura das ondas chegava a 4,8 m.

 

O mar fica muito agitado no fim de semana.

No sábado, 29 de outubro, fortes ressacas poderão ocorrer do Rio Grande do Sul ao norte do Rio de Janeiro. A altura das ondas começa a baixar no decorrer do domingo, 30, mas o mar ainda estará muito agitado. É provável que este seja o swell mais intenso deste de 2016.

 

As imagens mostram a agitação do mar na tarde de 28 de outubro no litoral de São Paulo, na região de Mongaguá e de Juquehy.

 

 

 

Confira algumas imagens da ressaca em Torres e na região de São José do Norte, no litoral do Rio Grande do Sul.