Inverno termina mais seco e quente no TO

14/09/2016 às 12:24
por Angela Ruiz

Atualizado 14/09/2016 às 12:37

Oferecimento
Temperatura no Inverno ficou acima da média

Com o sol de quase primavera, sem chuva e sem ar polar, Palmas vai terminar o Inverno seco e quente. Julho, Agosto são os meses mais secos do ano e Agosto e Setembro os mais quentes na capital do Tocantins.

 

O Estado tem um longo período de seca, com dias com poucas nuvens, que normalmente vai de maio a setembro. De acordo com dados da estação convencional do INMET – Instituto Nacional de Meteorologia, a última vez que choveu em Palmas, foi no período entre os dias 03 e 13 de Junho e em 4 dias dentro deste período foram acumulados apenas 18,2 milímetros. Dias muito quentes e ensolarados são típicos do Tocantins nesta época, porém o tempo tem estado mais seco que o normal. A temperatura neste inverno ficou muito acima da média Climatológica, tanto as máximas quanto as mínimas, explica a meteorologista Bianca Lobo, da Climatempo

 

 

Em Junho a temperatura média (mínima e máxima observadas) foram de 22,7°C e 35,9°C, enquanto a normal climatológica é de 16,0°C e 32°C, respectivamente. Em Julho, a média de mínima ficou em 21,6°C e de máxima 37,4°C, enquanto a normal é de 15,4°C e 32,4°C. Em Agosto, a temperatura média mínima  foi de 23,1°C e de máxima 38,8°C, sendo que o normal é 16,6°C e 34,5°C.

 

Além de quente Palmas também tem estado muito seco. Segundo dados da estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia, a umidade só ficou acima de 40% em 10 dias de Junho. Em Julho, todos os dias ficaram abaixo de 40%, sendo que no dia 16 de julho, a umidade ficou abaixo de 20%, o que caracteriza alerta. Em Agosto a umidade relativa do ar também  ficou abaixo de 40%. Nos dias, 10, 11 e 12 de Agosto, a umidade caiu ainda mais chegando a 17%. O nível mínimo de umidade no ar recomendado pela Organização Mundial da Saúde para a saúde humana é de 60%. O problema não está apenas num valor momentâneo muito baixo, mas na persistência da situação de secura no ar, com muitas horas consecutivas de um ar com umidade abaixo dos 60%.

 

Além da baixa umidade, o período seco e quente contribui para o aumento do foco de queimadas no estado. Segundo dados do sistema de Monitoramento de Queimadas e Incêndios do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe), 11.352 focos de queimadas foram registrados no Tocantins do dia 01 de Janeiro até a última terça-feira (13/09), ou seja, 52% a mais que o mesmo período do ano passado. O Tocantins é o segundo no ranking de queimadas do país, atrás apenas do Mato Grosso, que registrou 22.897 focos no mesmo período.

 

 

De acordo com a Climatempo, com a chegada da Primavera aos poucos a chuva vai retornando ao Tocantins o que colabora com este quadro de estiagem, queimadas e poluição no estado. A Primavera, em geral, será mais amena comparada com a do ano passado. Em 2015, estávamos sobre a influencia do El Niño.

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Palmas - TO

22°
min

36°
max

0mm / 0%