Nicarágua e Costa Rica em alerta para Otto

24/11/2016 às 16:59
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Furacão passa sobre os dois países

Como foi previsto, a tempestade tropical Otto se reintensificou e no fim da noite da quarta-feira, 23 de novembro, voltou a ser um furacão na região da Costa Rica e da Nicarágua. Os dois países estão em alerta para chuvas torrenciais e a ventania deste furacão. A semana tem sido marcada por muita chuva nestes países por causa desta tempestade. É alto o risco de enchentes e deslizamentos de terra especialmente na parte norte da Costa Rica e no sul da Nicarágua.

Como depressão tropical, Otto começou a se desenvolver na manhã do dia 21 de novembro no mar do Caribe, na costa entre o Panamá e a Costa Rica, e se tornou uma tempestade tropical na tarde do dia 21. Depois de se tornar um furacão no começo da noite da terça-feira, 22 de novembro, Otto enfraqueceu no fim da manhã do dia 23 de novembro e na tarde do dia 23 voltou a ser uma tempestade tropical.

 

No informe técnico das 15 UTC de 24/11/2016 (13h de 24/11/2016, em Brasília), o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), avaliou Otto como sedo um furacão perigoso. Otto se movimentava para oeste, indo em direção ao continente, com velocidade estimada de 15 km/h. Otto deve avançar sobre os territórios da Costa Rica e da Nicarágua no decorrer desta quinta-feira para depois alcançar o oceano Pacífico. Ao passar sobre áreas continentais, Otto deve perder força e voltará a ser uma tempestade tropical. O NHC prevê que Otto se mantenha como tempestade tropical sobre a costa oeste da Nicarágua e da Costa Rica até o domingo.

 

 

 

Às 15 UTC de 24/11/2016 (13h de 243/11/2016, em Brasília), o centro da tempestade tropical Otto estava a 120 km a norte/nordeste de Limon, na Costa Rica e a 120 km a leste/sudeste de Bluefields, na Nicarágua.

A velocidade e os ventos constantes de Otto aumentaram nas últimas 24 horas. às 15 UTC de 24/11/2016, os ventos constantes de Otto eram estimados em 175 km/h, com rajadas mais fortes. O valor mínimo de sua baixa pressão era de 975 hPa.

Otto é a décima sexta tempestade tropical a ser nomeada e o sexto furacão a se formar na temporada 2016 do Atlântico Norte.

 

Na imagem de satélite, o olho de Otto (região dentro do círculo amarelo) estava muito próximo do continente no sul da Nicarágua.

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

19°
min

29°
max

7mm / 90%