Otto enfraquece e se afasta da Costa Rica

25/11/2016 às 12:14
por Josélia Pegorim

Atualizado 25/11/2016 às 12:14

Oferecimento
Tokage atua nas Filipinas

Após passar entre a Nicarágua e a Costa Rica, com ventania e quase 180 km/h e chuva torrencial, o furacão Otto enfraqueceu e desde às 23h do dia 23 de novembro (em Brasília) voltou a ser uma tempestade tropical. Os alertas de furacão foram suspensos nos dois países.

Como previsto, a tempestade Otto cruzou a América Central passando do oceano Atlântico para o oceano Pacífico e ainda provoca muita chuva e fortes rajadas de vento nesta sexta-feira na costa oeste da Nicarágua e da Costa Rica.

 

 

 

 

No informe técnico das 12h00 UTC de 25/11/2016 (10h de 25/11/2016, em Brasília), o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês), a tempestade tropical Otto se movimentava para oeste, se afastando do continente, com velocidade estimada de 15 km/h. O centro da tempestade estava a 190 km a oeste/sudoeste de Santa Helena, na costa oeste da Costa Rica.

A velocidade de deslocamento aumentou e estava em 22 km/h. Com o enfraquecimento de Otto, os ventos constantes diminuíram e eram estimados em 95 km/h, com rajadas mais fortes. O valor mínimo de sua baixa pressão aumentou para 1000 hPa.

Otto é a décima sexta tempestade tropical a ser nomeada e o sexto furacão a se formar na temporada 2016 do Atlântico Norte.

 

Na imagem de satélite das 12h45 UTC (10h45 em Brasília), as nuvens carregadas de Otto já estavam praticamente só sobre áreas oceânica.

 

Leia também: Nicarágua e Costa Rica em Alerta para Otto

 

Nas Filipinas

A tempestade tropical Tokage atua nas Filipinas, Segundo a Agência Meteorológica do Japão, esta tempestade produz ventos constantes de aproximadamente 100 km/h e se desloca para oeste com velocidade de 15 km/h.

 

 

 

 

Curiosidade

Pela segunda vez este ano, um sistema de tempo severo do Hemisfério Norte aparece indicado na carta sinótica da América do Sul analisada pela Marinha do Brasil. Isto acontece quando os furacões e tempestades tropicais se deslocam numa trajetória mais ao sul do que o normal.

 

 

 

Furacão Matthew aparece na carta meteorológica de 1 de outubro de 2016

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Brasília - DF

18°
min

28°
max

30mm / 67%