Ventos de chuva sobre o Brasil

13/12/2016 às 15:56
por Josélia Pegorim

Oferecimento
VCAN, Frente fria e Alta da Bolívia

Chuvas fortes e volumosas estão sendo observadas esta semana em diversos estados de todas as Regiões do Brasil. Voltou a chover até no Nordeste e pela medição do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia, a cidade de Itiruçu, na Bahia, foi onde mais choveu no Brasil entre 10h do dia 12 e 10h de 13 de dezembro de 2016, pelo horário de Brasília. Foram cerca de 70 mm de chuva. Mas várias locais no oeste e no sul da Bahia e no interior do Piauí acumularam mais de 40 mm neste período.

Já o CEMADEN – Centro Nacional de Monitoramento e Desastres Naturais - registrou cerca de 100 na região de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no Rio De Janeiro. Minas Gerais, a chuva voltou a cair forte e o acumulado entre o 15h do dia 12 e 15h do dia 13 de dezembro superara os 40 mm em muitas regiões.

 

 

Esta terça-feira, 13, foi marcada por muita chuva sobre Goiás, no centro-leste de Mato Grosso e no centro-norte de Mato Grosso do Sul. Só em Barra do Garças (MT), na divisa com o sul de Goiás, choveu cerca de 70 mm entre 10h e 14h20, pelo horário de Brasília. A região de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, teve temporais nesta terça.

Na Região Norte, voltou a chover forte sobre o Tocantins desde o fim de semana passado.

 

 

A primeira quinzena de dezembro está chegando ao fim e ainda dará muita chuva para o Brasil. Os ventos em diversos níveis da atmosfera estão a favor da chuva e uma grande frente fria está chegando para fechar a primeira quinzena do mês. Esta frente fria avança rapidamente nesta quarta-feira, 14, e alcança o litoral do Rio de Janeiro. No dia 15 já estará entre o sul da Bahia e o Espírito Santo.

 

A meteorologista Josélia Pegorim explica os diversos sistemas meteorológicos que atuam sobre o Brasil nos próximos dias e vão favorecer mais chuva para a maioria das regiões do país.

 

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

14°
min

24°
max

0mm / 0%

Campo Grande - MS

21°
min

35°
max

0mm / 0%