Tempo continua instável em SP

21/12/2016 às 15:48
por Josélia Pegorim

Atualizado 22/12/2016 às 10:15

Oferecimento
Confira o balanço da chuva na primeira tarde de verão

Tempo instável

O estado de São Paulo entrou no verão 2016/2017 sob a influência de áreas de instabilidade que estão espalhadas por quase todo o Brasil. O ar quente e úmido que predomina sobre o país facilita a formação de nuvens bastante carregadas.

Os temporais não devem dar trégua aos paulistas nos próximos dias. Não há previsão de passagem de nenhuma frente fria por São Paulo, mas o excesso de umidade e de calor vai predominar mantendo as condições para a formação das nuvens carregadas com potencial para temporais.

Nesta quinta-feira, o centro-oeste e o sul de São Paulo podem ter pancadas de chuva com raios já pela manhã, mas ao longo do dia ocorrem períodos com sol. Na Grande São Paulo e nas demais áreas do interior do litoral, a chuva volta a ocorrer a partir da tarde. Há risco de temporais em todas as áreas do estado.

Todo o estado tem outro dia abafado, em geral com temperaturas acima dos 30°C no período da tarde, inclusive na cidade de São Paulo. O tempo segue instável, com muitas nuvens, períodos de sol e chuva especialmente à tarde e à noite pelo menos até o domingo.

 

Confira a previsão para o fim de semana do Natal.

 

 

E tudo terminou em arco-íris: balanço da chuva em São Paulo na primeira tarde de verão

A cidade de São Paulo entrou no verão 2016/2017 como manda o figurino, com tudo que tinha direito: sol, calor, temporal, alagamento, transbordamento de rio, granizo e até arco-íris! A última tarde da primavera, no dia 20 de dezembro, também foi marcada por tempestades.

Enquanto os rios e córregos enchiam com a chuva pesada, as nuvens davam show no céu e depois do temporal, apenas com algum trovão ao longe, o fim da primeira tarde do verão foi com as cores do sol nas gotas de chuva e nas nuvens cansadas de tanto chover desenhando um belíssimo arco-íris! Um só não, dois! Um arco-íris duplo em Santo André.

Isto é verão e tem tudo isto de novo nos próximos dias, incluindo os alagamentos.

 

 

 

 

 

Confira o balanço da chuva da primeira tarde do verão 2016/2017 na cidade de São Paulo.

 

Transbordamento e alagamentos

A chuva forte que caiu sobre São Paulo na primeira tarde do verão 2016/2017 causou o transbordamento do rio Aricanduva, na zona leste, e do córrego Ipiranga, na zona sul da capital. Outros rios e córregos chegaram no nível de alerta e até emergência, mas não transbordaram.

A chuva se espalhou rápido sobre a cidade de São Paulo e por volta das 17h chovia forte sobre várias áreas das zonas norte, central, oeste e leste da cidade. O CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura colocou toda cidade em atenção para alagamentos.

Os rios que transbordaram foram:

Rio Aricanduva - Avenida Ragueb Chohfi - das 17h55 às 18h15
Rio Aricanduva - Shopping - das 17h55 às 18h15
Rio Aricanduva - Av. Itaquera - das 17h55 às 18h15

Córrego Ipiranga - Praça Leonor Kaupa - das 17h45 às 18h

 

Às 17h45, os radares Climatempo USP ainda mostravam muita chuva sobre a zona leste da cidade.

 

Granizo

Segundo informação do CGE houve queda de granizo na região do aeroporto de Congonhas.

Na zona leste, a chuva intensa veio também com granizo. Veja o comentário que Alex Rodrigues fez no site da Climatempo

"Por volta das 16:30 hrs. horário de Brasília uma forte tempestade atingiu os bairros Vila Formosa, Tatuapé e Anália Franco. Houve registro de queda de granizo e devido ao grande volume de chuva uma enxurrada chegou a arrastar um carro na Avenida Abel Ferreira."

 

O grande volume de chuva em pouco tempo fez  com que o córrego Ipiranga, na altura da Praça Leonor Kaupa transbordasse. Segundo o SAISP - Sistema de Alerta e Inundações de São Paulo às 16h50 e 17h40 choveu cerca de 24 mm sobre a região.

Às 17h40 o córrego Moinho Velho, na rua Dois de Julho, estava em emergência por causa do nível elevado, mas não chegou a transbordar. Na zona leste, o rio Aricanduva, na rua Ragueb Chofi transbordou e na região da avenida Itaquera extravasou.

Às 17h45, os radares Climatempo USP ainda mostravam muita chuva sobre a zona leste da cidade.

 

 

 Volume de chuva

Entre 17h e 18h do dia 21 de dezembro de 2016, a primeira tarde do verão, o CGE e o SAISP registram, em média, de 30 a 50 mm de chuva de forma generalizada sobre áreas das zonas leste e sul da cidade. Os maiores volumes neste período foram:

Aricanduva (Vila Formosa): 46,2 mm

São Mateus: 37,6 mm

Vila Prudente: 36,5 mm

M' Boi Mirim: 37,0 mm

Santo Amaro: 36,2 mm

Ipiranga: 20,2 mm

 

 

Nuvens negras e muito trovões e raios na primeira tarde do verão 2016/2017 em São Paulo

 

 

Acompanhe a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo-USP

 

Por volta das 14h30, a chuva caiu muito forte na região de Pirassununga e uma rajada de vento alcançou 87 km/h na região da Academia da Força Aérea. Pela manhã já havia chovido forte em vários locais do centro-oeste do estado, como na região de Valparaíso, Rancharia e Dracena.

Uma linha de instabilidade (conjunto de várias nuvens do tipo cumulonimbus, que podem provocar temporais, que se deslocam ao mesmo tempo e alinhados) avança do interior de São Paulo em direção a Grande São Paulo trazendo mais temporais.

Nas imagens de satélite, as nuvens carregadas desta linha de instabilidade aparecem como a grande mancha azulada que se aproxima da região da cidade de São Paulo.

 

 

 

Por volta das 14h20, esta linha de instabilidade provocava chuva forte entre Sorocaba, Pilar do Sul e Eldorado. Estas áreas de chuva avançam para leste e no decorrer da tarde devem atingir parte da capital paulista e da Grande São Paulo e também o litoral sul.

A chuva forte deve atingir primeiro os municípios no oeste da Grande São Paulo e bairros no oeste da capital.

 

 

Acompanhe a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo-USP

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

20°
min

26°
max

15mm / 90%

Natal - RN

24°
min

31°
max

5mm / 60%