Mais chuva para SP

31/01/2017 às 22:34
por Josélia Pegorim

Atualizado 01/02/2017 às 03:53

Oferecimento
Chuva foi volumosa na madrugada na Baixada Santista.

O começo da madrugada da quarta-feira foi de chuva forte na Baixada Santista.

Conforme o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), o volume de chuva chegou a 46,7 mm em São Vicente entre 0h40 e 1h10 na estação meteorológica Rodovia Padre Manoel. Já na estação Jardim Rio Branco, também em São Vicente foram acumulados 21,7 mm entre  1h e 2h.

Em Itanhaém, o CEMADEN registrou 22,5 mm entre a meia-noite e 1h40.

Já em Cubatão foram 19 mm entre a meia-noite e 0h40 desta madrugada de quarta-feira, também conforme dados do CEMADEN.

 

A chuva, os raios e os trovões não darão sossego aos paulistas nos primeiros dias de fevereiro de 2017.

As condições meteorológicas em diversos níveis da atmosfera continuam muito favoráveis à formação de mais áreas de instabilidade sobre o estado de São Paulo nesta quarta-feira.

Há condições para muitas pancadas de chuva em todo o estado de São Paulo. A chuva pode ocorrer a qualquer hora, mas pela manhã são esperados alguns períodos de melhoria, com pouca chuva, mas não necessariamente com a presença do sol. Pode haver só um mormaço. Porém, no decorrer da tarde com o ar mais abafado, a chuva retorna na forma de pancadas, que podem ser fortes, e se prolonga pela noite. Todas as áreas estão sujeitas a temporal no decorrer do dia.

 

Alerta especial para chuva volumosa no Vale do Ribeira e litoral sul de SP

 

Por que tanta chuva?

A meteorologista Fabiana Weykamp explica como a combinação da circulação de ventos em diferentes níveis da atmosfera mantém as condições para chuva em São Paulo.

"Em baixos níveis (850 hPa), a circulação dos ventos atua como uma fonte de umidade das áreas tropicais para o estado de São Paulo. Nos níveis médios (500 hPa), é a presença de um cavado que estimula a formação de nuvens carregadas."

 

 

 

 

Confira o balanço da chuva em SP em 31/01/2017

 

 

E para deixar o tempo ainda mais instável, Fabiana cita ainda a presença de um VCAN - Vórtice Ciclônico em Altos Níveis - que também está numa posição que reforçar instabilidade sobre São Paulo. "A borda deste sistema (região que favorece a instabilidade) também influencia o tempo em São Paulo."

 

Entenda a situação especial do Vale do Ribeira e do Litoral Sul de SP

 

 

Quando a chuva vai diminuir?

A presença do cavado e do fluxo de umidade tropical sobre São Paulo vai persistir até o fim da semana, mas perdendo força. Assim, espera-se por uma diminuição da frequência da chuva no próximo fim de semana.

 

Leia também

 

Como fica a chuva no BR na primeira quinzena de fevereiro?

 

Cidade de São Paulo tem quarto janeiro mais chuvoso desde 1943

 

Sistema Cantareira tem janeiro mais chuvoso desde 2011

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

19°
min

28°
max

5mm / 90%

FASES DA LUA

  • Nova
    15/02
  • Crescente
    23/02
  • Cheia
    31/01
  • Minguante
    07/02

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09