Destruição em São Francisco de Paula

13/03/2017 às 08:23
por Aline Tochio

Oferecimento
Indícios mostram a provável ocorrência de tornado

Na manhã do último domingo, 12, uma frente fria avançou pelo Rio Grande do Sul e deixou o tempo muito instável sobre o estado. Nuvens muito carregadas se formaram e provocaram temporais em muitas regiões, mas a região serrana gaúcha foi a mais atingida. De acordo com o INMET, entre 07h e 18h de domingo choveu 75 milímetros em Bento Gonçalves e entre 64 mm em  Canela. Os ventos chegaram a 67 km/h em Canela. Na imagem de satélite abaixo é possível ver as nuvens de tempestades em tons rosas e brancos, avançando pelo Rio Grande do Sul.

 

 

Uma das cidades mais atingidas foi São Francisco de Paula, na região serrana. Há muitos relatos e fotos da destruição causada pela tempestade. No entanto, não há estação meteorológica nessa cidade. Assim, não é possível confirmar quanto choveu ou qual foi a velocidade dos ventos. Analisando as fotos de moradores, é possível dizer que as rajadas de vento passaram de 100 km/h. Analisando também a grandeza da destruição e as imagens de radares meteorológicos, tivemos provavelmente a passagem de um tornado. Ainda é preciso analisar mais dados e imagens aéreas do local para afirmar a ocorrência do fenômeno. A imagem abaixo é do radar meteorológico da Aeronáutica, localizado no Morro da Igreja, em Santa Catarina, de domingo (12) às 08h20 (horário local). As áreas vermelhas indicam chuva forte a muito forte.

 

 

As fotos abaixo foram tiradas da rede social Tempo Online (www.facebook.com/Temponline).