Massa seca avança para o Nordeste

11/05/2017 às 13:00
por Angela Ruiz

Atualizado 11/05/2017 às 16:20

Oferecimento
Umidade diminui e sol aparece forte nos próximos dias

A semana começou com muita chuva na costa norte e leste do Nordeste por conta da atuação de áreas de instabilidade e da ZCIT - Zona de Convergência Intertropical. Maio é um mês que faz parte do período mais chuvoso do ano na faixa litorânea do Nordeste. Pancadas de chuva de moderada a forte intensidade foram registradas em cidades como São Luís (MA), Fortaleza (CE), Natal (RN). Dados do Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia mostram que em João Pessoa, já foram acumulados aproximadamente 210 milímetros de chuva nestes primeiros 11 dias do mês, sendo que a média é de aproximadamente 308 milímetros.

 

Nesta quinta-feira-feira (11), depois de muita chuva a instabilidade enfraqueceu sobre a faixa litorânea, entre o Ceará e Alagoas. Algumas pancadas de chuva ainda podem ser registradas entre o norte do Piauí e o interior do Ceará, mas a tendência é da diminuição da umidade.

 

Ar seco ganha força

A presença da massa de ar quente e seco pelo interior do Piauí, Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Bahia vai ganhar força no fim de semana. Este grande sistema de alta pressão vai se espalhar sobre o Nordeste e a nebulosidade vai diminuir ainda mais na costa da Região. De acordo com os meteorologistas, a tendência é de mais sol, calor e pouca chuva sobre as cidades do Nordeste do país.

 

A meteorologista Josélia Pegorim comenta sobre os efeitos de um grande sistema de alta pressão atmosférica que se intensifica sobre o interior do Brasil. Assista abaixo:

 

 

Nível de umidade

Com o avanço da massa de ar seco os níveis de umidade do ar devem registrar baixos índices nos próximos dias. No oeste da Bahia, por exemplo, os valores podem ficar abaixo de 30%.

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana. Para valores entre 30 e 40% a região fica em situação de observação, para valores entre 20 e 30% em situação de atenção, entre 12 e 20% em alerta e de emergência para valores abaixo de 12%.

 

Saiba maisO que é subsidência do ar?

 

CIDADES RELACIONADAS

Natal - RN

22°
min

31°
max

2mm / 90%

João Pessoa - PB

22°
min

29°
max

2mm / 90%