Tempo vira no fim de semana no Sul do BR

02/06/2017 às 16:48
por Josélia Pegorim

Atualizado 02/06/2017 às 16:50

Oferecimento
Voltar a chover forte

A chuva de maio deixou áreas do RS debaixo d´água. Uma nova frente fria chega o Sul do Brasil no domingo e traz muita chuva para os próximos dias.

 

 

A nebulosidade diminui neste sábado, 3, e sol aparece forte por toda a Região Sul do Brasil. A presença de uma massa de ar frio de origem polar deixa a temperatura baixa. A maioria das áreas da Região deve registrar temperaturas abaixo dos 10°C ao amanhecer. Há previsão de geada nas serras gaúcha e catarinense.

Mas a trégua da chuva e o calor do sol serão curtos. Depois de toda a chuva de maio, que causou muitos transtornos especialmente para a população do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, uma nova frente fria chega ao Sul do Brasil no domingo, 4, e nuvens carregadas voltam a se espalhar sobre os três estados e há risco de chuva moderada a forte.

 

 Acompanhe a evolução da nebulosidade sobre a Região Sul pelas imagens de satélite.

 

Chuva volumosa

A previsão é que até o dia 7 de junho, a chuva os maiores volumes de chuva caiam sobre Santa Catarina e Paraná. Os acumulados em 5 dias podem superar 100 mm inclusive na região da Grande Curitiba.

 

 

A circulação de ventos sobre a América do Sul vai forçar a formação e a concentração de muitas áreas de instabilidade sobre a Região Sul do Brasil por quase toda a primeira quinzena de junho. No período de 8 a 12 de junho, a chuva mais volumosa deve ocorrer sobre o Rio Grande do Sul.

 

 

 

 

Notícias - informações importantes do tempo e do clima

 

Maio chuvoso

A chuva de maio de 2017 ficou acima da média normal em todas as áreas do Sul do Brasil. O Rio Grande do Sul foi a região que recebeu a chuva mais frequente e mais volumosa no Brasil durante o mês de maio de 2017. No mapa de anomalia de chuva (diferença entre a chuva ocorria e a média do mês) de maio de 2017, os tons de azul representam chuva acima da média. Em algumas áreas do oeste do Rio Grande do Sul, choveu mais de 300 mm acima da média.

 

 

 

 

Muitas áreas do estado acumularam mais de 300 mm, o que em alguns locais representa três vezes mais chuva do que o normal para maio.

O Instituto Nacional de Meteorologia registrou quase 570 mm na região de Santo Ângelo e Santa Rosa. Em Erechim choveu cerca de 450 mm, em Cruz Alta choveu quase 410 mm. A região de Palmeira das Missões e de Santiago acumularam cerca de 390mm de chuva em maio de 2017.

 

Os mapas mostram quanto choveu em maio de 2017 no Sul do Brasil (esquerda) e a média de chuva para maio.

 

 

 

 

 

Saiba o que é SMAC: Sistema de Monitoramento e Alerta Climatempo

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Curitiba - PR

10°
min

23°
max

0mm / 0%