Surpreendente chuva de maio de 2017 no Brasil

03/06/2017 às 14:36
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Quase 700 mm em Maceió, o maior acumulado no país

Choveu mais de 500 mm no oeste do Rio Grande do Sul, no leste de Sergipe, de Alagoas e de Pernambuco. O total de chuva que caiu sobre Maceió foi o maior do país.

 

A chuva de maio de 2017 foi surpreendente em vários aspectos. Choveu em áreas do Sudeste e do Centro-Oeste onde a chuva já é escassa e rara em maio. O volume de chuva acumulado no mês foi muito acima do normal mesmo no leste do Nordeste, onde maio normalmente é época de muita chuva. A quantidade de chuva também foi excepcional e muito acima da média em muitas áreas do Sul do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul.

 

 

 

 

Maceió (AL)

Em nenhum lugar do país choveu tanto em maio como em Maceió. A chuva de maio deixou a capital de Alagoas em situação de calamidade pública. O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou 698,3 mm, na medição convencional, o que fez de maio de 2017 o quinto mês mais chuvoso já observado em Maceió no período de 1961 a 2017. Considerando apenas os meses de maio, a capital alagoana teve o terceiro maior acumulado em um mês de maio neste mesmo período.

A tabela mostra os 10 maiores acumulados de chuva mensais em Maceió no período de 1961 a 2017. Os dados são do INMET.

 

 

 

 

Notícias - informações importantes do tempo e do clima

 

Sergipe, Pernambuco e Paraíba

A chuva da segunda quinzena de maio caiu muito volumosa e por vários dias consecutivos no leste do Nordeste, atingindo os estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Paraíba. As capitais  e outros locais no leste destes estados sofreram grandes danos e enchentes. Em São Luís do Quitunde (AL) choveu 606,8 mm, em Porto de Pedras (AL), 585, mm, em Palmares (PE) choveu 533,0 mm e em Propriá (SE), 411,7 mm. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 579,8 mm em João Pessoa e 422,0 mm em Recife, na medição convencional.

Confira os surpreendentes volumes de chuva registrados no Brasil em maio de 2017

 

 

 

 

Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul foi o estado no Brasil que teve as maiores anomalias de chuva. Em alguns locais do oeste gaúcho choveu mais de 300 mm acima da média normal.

O mapa mostra a comparação de quanto choveu no Sul do Brasil em relação à média normal para maio.

 

 

 

O mapa mostra a anomalia (diferença em relação à média) da chuva de maio de 2017 no Sul do Brasil.

 

 

 

Saiba o que é SMAC: Sistema de Monitoramento e Alerta Climatempo

 

Balanço da chuva nas capitais

Maio de 2017 terminou com chuva próxima ou acima a média normal na maioria das capitais brasileiras. As pancadas de chuva foram mais frequentes do que o normal para maio na região de Brasília e de Goiânia, aonde normalmente já chove pouco nesta época.

Em Maceió, maio de 2017 foi o quinto mês mais chuvoso e o terceiro maio com maior volume de chuva desde 1961.

Em São Paulo, maio de 2017 foi o quinto maio mais chuvoso em 56 anos, no período de 1961 a 2017, e o maio mais chuvoso desde 2005.

A chuva de maio de 2017 superou o dobro da média normal para o mês nas capitais Porto Alegre, Florianópolis, São Paulo e em Vitória.

 

 

 

 

RelClima: previsão climática para ajudar você a planejar seu negócio

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

14°
min

17°
max

90mm / 90%

São Paulo - SP

14°
min

23°
max

5mm / 90%