Muita chuva entre Natal e Maceió

28/06/2017 às 22:02
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Risco de alagamentos e deslizamento

A chuva não deu trégua no leste do Nordeste nesta quarta-feira e em 24 horas choveu mais de 100 mm sobre João Pessoa. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou 122,8 mm entre 17 horas do dia 27 e 17 horas de 28 de junho. A medição foi feita na estação meteorológica automática do INMET em João Pessoa e representa cerca de 30% da média de chuva de junho para a capital paraibana.

 

 

As capitais Natal, Recife e Maceió também tiveram uma quarta-feira com muita chuva. No período entre 21h30 do dia 27 e 21h30 do dia 28 de junho, o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - registrou 80,3 mm em Recife, na região do córrego Jenipapo. Em Maceió foram 79,4 mm na região de Antares. Muitas outras áreas no leste de Alagoas, de Pernambuco e da Paraíba acumularam de 40 mm a 60 mm neste período de 24 horas.

 

A previsão é de mais chuva para os próximos cinco dias. A chuva não vai parar e entre a sexta-feira e o domingo se intensifica e se espalha pela costa leste do Nordeste. No período de cinco dias, vários locais no litoral e na zona mata, do leste do Rio Grande do Norte ao litoral de Sergipe podem acumular mais de 100 mm de chuva. As áreas de instabilidade ficam muito ativas no leste do Nordeste e mesmo áreas do Agreste e até do sertão entre o Ceará, a Paraíba e do Rio Grande do Norte poderão ter chuva moderada a forte até o começo de julho, o que já não é comum.

Há risco de chuva forte nas capitais entre Natal e Maceió nos próximos dias. A chuva persistente e volumosa tem potencial para alagamentos e deslizamentos de terra.

O mapa mostra a estimativa da chuva para o Nordeste no período de cinco dias, até 3 de julho.

 

 

 

 

 

Acompanhe a evolução da chuva pelos radares meteorológicos

 

CIDADES RELACIONADAS

Natal - RN

22°
min

31°
max

3mm / 90%

Recife - PE

22°
min

29°
max

4mm / 90%