Gelo marinho Ártico alcança o mínimo de 2017

24/09/2017 às 08:15
por Bianca Lobo

Atualizado 24/09/2017 às 10:03

Oferecimento
Área coberta de gelo é a oitava menor em 38 anos

Cientistas do Centro Nacional de Neve e Gelo ( National Snow and Ice Data Center - NSIDC) anunciaram que no dia 13 de setembro a cobertura de gelo marinho Ártico provavelmente alcançou seu mínimo, com área coberta de aproximadamente 4,64 milhões de quilômetros quadrados. Esse valor corresponde à oitava menor cobertura de gelo registrada na região em 38 anos entre 1981 e 2017. O ano com a menor extensão já registrada é o de 2012, com área mínima de cobertura chegando a aproximadamente 3,39 milhões de km².

 

tabela(1)

 

Na animação a seguir gerada pela NOAA é possível observar a cobertura de gelo marinha medida por satélites para cada mês desde abril de 2017. Áreas com pelo menos 15% de cobertura de gelo aparecem em tons de azul acinzentado a branco. Áreas de oceano (menos de 15% de cobertura de gelo) aparecem em azul escuro. A linha amarela mostra o valor mediano (valor que separa os menores dos maiores valores de área coberta) de cobertura de gelo marítimo para o período entre 1981 e 2010.

 

Arctic_seaicemin_2017_HD1280x720

 

 

2017 mantém a tendência de diminuição do gelo Ártico. Todas as 10 menores extensões de gelo ao longo dos últimos 38 anos foram registradas após o ano de 2007. Apenas o ano de 2009 não está presente no top 10.

 

Gelo Ártico

Extensão do gelo marinho Ártico entre os anos de 2007 e 2017 e a comparação com a mediana registrada entre os anos de 1981 e 2010.

 

Para mais informações da NOAA clique aqui