Temporais não param sobre o Centro-Oeste

09/11/2017 às 13:42
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Frente fria vai deixar o tempo mais instável no fim de semana

Esta semana está sendo marcada por fortes pancadas de chuva na Região Centro-Oeste. Todos os estados e o Distrito Federal já tiveram eventos de grandes volumes de chuva acumulados em pouco tempo.

 

A previsão é de mais chuva para os próximos dias. Nuvens carregadas continuam a se formar nesta sexta-feira em muitos locais por todo o Centro-Oeste. Há risco de mais temporais. Durante o fim de semana, as condições para chuva vão aumentar ainda mais, especialmente sobre Goiás, Mato Grosso e o Distrito Federal por causa da passagem de uma nova frente fria pelo Sudeste do Brasil.

 

 

Maiores acumulados de chuva no Centro-Oeste entre 8 e 9 de novembro de 2017

 

Mato Grosso

O mais recente temporal foi o que ocorreu em Apiacás na madrugada desta quinta-feira, 9 de novembro, quando o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 46,8 mm em apenas 1 hora. O total de chuva acumulado em 7 horas, entre 1 hora da madrugada e 8 horas da manhã (hora local) foi de 90,6 mm. Na noite de ontem, a região de Água Boa recebeu 50,0 mm em 1 hora de chuva. Tecnicamente já se considera chuva forte um volume de 20 mm acumulados em 1 hora. Na região de Querência, Nova Maringá, Guiratinga, Salto do Céu e Rondonópolis também choveu com moderada a forte entre a tarde do dia 8 e a manhã do dia 9 de novembro, com acumulados de 25,0 mm a quase 50,0 mm em 24 horas, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia

A quantidade de pancadas de chuva tende a aumentar durante a tarde e na noite desta quinta-feira e pode chover forte inclusive em Cuiabá.

 

Goiás

Em Goiás, a chuva caiu forte na madrugada e em parte da manhã desta quinta-feira de norte ao sul do estado. Os volumes mais expressivos ocorreram na região de Paraúna, São Miguel do Araguaia (pelo segundo dia consecutivo), Jataí e Rio Verde. No período entre 10 horas do dia 8 e 10 horas de 9 de novembro o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 72,0 mm em Paraúna, sendo que 63,2 mm ocorreram em apenas 3 horas na noite do dia 8. Em São Miguel do Araguaia o acumulado foi de 56,0 mm, mas 42,0 mm caíram em 1 hora de chuva.

A previsão é de mais chuva no decorrer desta quinta-feira e com risco de chuva forte também na região de Goiânia.

 

Distrito Federal

No Distrito Federal, a quinta-feira amanheceu chuvosa e a chuva vai continuar até a noite, podendo voltar a chover com moderada a forte intensidade como já ocorreu pela manhã em alguns locais. Em Águas Emendadas choveu 14,4 mm em 1 hora, pela medição do INMET. A estação Paranoá teve 10,8 mm em 1 hora, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Neste local já choveu quase 104 mm de chuva do início de novembro até o fim da manhã do dia 9. Isto corresponde a pouco menos da metade da média de chuva para a região de Brasília em novembro.

 

Mato Grosso do Sul

O estado de Mato Grosso do Sul continua registrando grandes volumes de chuva. O total de chuva acumulado em novembro já superou os 100 mm em alguns locais como Campo Grande, Paranaíba e Aquidauana. O temporal mais recente ocorreu na noite de 8 de novembro em Cassilândia, onde choveu 61,4 mm em apenas 1 hora, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Mais pancadas de chuva são esperadas para a tarde e noite desta quinta-feira e pode chover com moderada a forte intensidade em vários locais do estado.

 

 

 

Foto de Cesion Queiroz, Catalão (GO)

 

 

#Fotografeotempo! A sua foto poderá ficar em destaque. Participe!

 

seu vídeo pode ser divulgado no nosso canal do Youtube, no site e nas redes sociais. É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548.

 

Notícias - informações importantes do tempo e do clima

 

Agroclima Pro: produtividade e redução de custos para o seu negócio

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

10°
min

21°
max

0mm / 0%

Campo Grande - MS


min

17°
max

0mm / 0%