Chove forte e córregos transbordam na cidade de São Paulo

25/12/2017 às 12:04
por Redação

Atualizado 25/12/2017 às 18:18

Oferecimento
Risco de mais temporais é alto até o fim da semana

Uma forte área de temporais avançou do interior de São Paulo e se espalhou sobre a Grande São Paulo no fim da tarde desta segunda-feira provocando temporais e ventos fortes. Córregos extravasaram nas zonas norte e leste da capital paulista. Às 16h55,  o CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da prefeitura paulistana colocou toda a cidade em atenção para a chuva forte e risco de alagamento.

 

Córregos extravasam

 Por causa da chuva forte, córregos extravasaram na zona leste da capital. O SAISP - Sistema de Alerta e Inundações do estado de São Paulo detectava cota de emergência às 18 horas no rio Verde, na rua Cunha Porã, na região de Itaquera. Também na zona leste da cidade de São Paulo, o córrego Franquinho extravasou. Na zona norte houve o transbordamento do córrego paciência.

Apenas entre 17h e 18h, o CGE registrou 33,2 mm em Itaquera, 36,0 mm no Tremembé, 30,0 mm no Itaim Paulista, 27,0 mm em São Miguel Paulista, 24,3 mm na Penha e 22,6 mm na Lapa. Tecnicamente um volume de 20 mm em 1 hora é considerado chuva forte.

 

Entre 16h40 e 7h40, o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - registrou 41,1 mm em Caieiras, 32,8 mm em Cajamar, 30,2 mm em Mairiporã, 22,2 mm em Osasco

Pela medição do CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais -  em apenas 1 hora, entre 16h20 e 17h20, a passagem desta área de instabilidade provocou 29,8 mm de chuva sobre Cajamar, 28,3 mm em Caieiras, 22,0 em Santana de Parnaíba e 20,2 mm em Carapicuíba, já na zona oeste da capital.

 

 

Durante passagem desta forte instabilidade, o CEMADEN  já havia registrado entre 16h20 e 17h20,  29,8 mm de chuva sobre Cajamar, 28,3 mm em Caieiras, 22,0 em Santana de Parnaíba e 20,2 mm em Carapicuíba, já na zona oeste da capital.

 

Rajadas de vento

Fortes rajadas de vento foram observadas com a chuva intensa que se espalhou sobre a Grande São Paulo no fim da tarde do dia 25 de dezembro. O aeroporto internacional de Guarulhos registrou uma rajada com 68 km/h às 17h40. No Campo de Marte, na zona norte da capital, uma rajada chegou aos 53 km/h.

 

Foto de Paula Soares, São Paulo (SP), 25/12/17

 

 

A passagem desta área de instabilidade sobre a região de Campinas provocou temporais entre 14 e 16 horas. Pela medição do CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais -  choveu 57,0 mm em apenas 1 hora em Sumaré. Na região de Mombuca foram 34,0 mm em 1 hora e em Tatuí 28,0 mm também em 1 hora. Tecnicamente 20 mm em 1 hora já é considerado chuva forte. No aeroporto de Viracopos, em Campinas, uma rajada de vento alcançou 72 km/h às 16 horas durante o temporal.

 

 

Foto de Diego Furlan, Indaiatuba (SP)

 

Estas fortes pancadas de chuva devem se espalham pela Grande São Paulo no fim da tarde e se prolongam pelo começo da noite, mas atingem também a região de Sorocaba,  Itapetininga, de Atibaia, de Bragança Paulista e avançam para a Baixada Santista. Outras áreas de temporais se desenvolvem sobre o Vale do Paraíba e no sul do estado.

 

Temporais (manchas vermelhas) passam sobre a região de Campinas

por volta das 15 horas de 25/12/17

 

Uma frente fria avança entre São Paulo e o Rio De Janeiro nesta segunda-feira e ajuda a espalhar nuvens carregadas em todas as regiões paulistas. Muitas áreas do interior e do sul do estado já amanheceram com chuva e esta instabilidade já está avançando para a capital e o litoral.

 

Todas as regiões paulistas, inclusive a capital, estão sujeitas a pancadas de moderada a forte intensidade no decorrer da tarde e a noite de hoje(25). A chuva deve vir acompanhada de raios em alguns momentos e fortes rajadas de vento

 

 

 

Confira a chuva na Grande SP pelos radares Climatempo/USP

 

Madrugada com chuva em SP

A região de Jales, no noroeste do estado, acumulou 34mm em apenas 3 horas de chuva durante a madrugada. Em Iguape e em Registro a chuva cai com moderada intensidade desde a madrugada. Com o avanço destas instabilidades, por volta das 11h da manhã áreas da capital paulista já registravam chuva e no decorrer desta segunda o tempo segue instável no estado. Por causa do calor e da alta umidade a instabilidade será reforçada até a noite.

 

 

 

  

Foto por Paulo Bianco, Ribeirão Preto(SP)

 

 

Tendência

Ao longo desta semana, a ultima de 2017, o tempo segue bastante instável em São Paulo. As áreas de instabilidade vão permanecer ativas, provocando muita chuva no estado. Há risco de chuva forte em todas áreas até o fim da semana.

 

Confira a previsão para os próximos dias 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

25°
max

0mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

13°
min

27°
max

0mm / 0%