Chuva diminui em SP nesta terça-feira e sol reaparece

08/01/2018 às 22:24
por Josélia Pegorim

Atualizado 09/01/2018 às 08:42

Oferecimento
Sistema de alta pressão atmosférica começa a ganhar força sobre a Região Sudeste

O primeiro fim de semana de janeiro de 2018 foi marcado por muitas áreas de instabilidade sobre o estado de São Paulo que provocaram chuva forte e volumosa em vários locais. Choveu em todas as regiões paulistas do interior, do litoral e da Grande São Paulo, mas como já era esperado, a chuva mais persistente e volumosa ocorreu nas áreas próximas do Rio de Janeiro e de Minas Gerais, mas também no sul do estado.

 

 

Previsão para esta terça(09)

Um sistema de alta pressão atmosférica começa a ganhar força sobre a Região Sudeste do Brasil durante esta terça-feira fazendo com que as áreas de instabilidade enfraqueçam também sobre o estado de São Paulo

 

A terça-feira amanheceu nublada e com chuva leve na Grande SP, as chuvas mais intensas hoje são previstas para as áreas de SP que estão próximas ao Paraná. Na região metropolitana e entre o Vale do Paraíba e o norte do estado, hoje o sol reaparece acompanhado por muitas nuvens e a chuva já não será tão frequente. Ainda pode chover várias vezes até a noite, porém, intercalando com períodos de melhoria. A temperatura sobe mais em relação a ontem e a previsão é que esquente mais nos próximos dias.

 

Foto por Daniel Robert, Guarulhos(SP)

 

Tendência

Entre a quarta-feira e quinta-feira, 11 de janeiro, as pancadas de chuva devem se concentrar à tarde e à noite. Pode até chover forte, mas a chuva não ocorre de forma generalizada

O enfraquecimento das áreas de instabilidade sobre São Paulo nos próximos três dias não significa que a chuva acabou. A circulação de ventos muda novamente no fim de semana e a chuva tende a aumentar.

 

Acompanhe o balanço parcial da chuva de janeiro

 

A chuva provocou enchente e deixou desabrigados em Miracatu, no sul do estado, e causou queda de barreira na rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo ao Sul do Brasil.

 

 

Foto de Márcio França, Miracatu (SP)

 

 

Quanto choveu em SP?

Entre o começo da noite do sábado, dia 6, e o começo da noite do dia 8 de janeiro, o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - registrou mais de 100 mm em vários locais do estado. Os postos coletores de chuva monitorados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) também já registraram mais de 100 mm em 8 dias em diversas áreas do estado.

 

Chuva acumulada em SP entre 6 e 8 de janeiro de 2018 (CEMADEN)

 

 

Chuva na cidade de São Paulo

Segundo Instituto Nacional de Meteorologia, o total de chuva acumulado de 1a 8 de janeiro (até às 10 horas) no Mirante de Santana, na zona norte da cidade de São Paulo, foi de 80,1 mm, o que corresponde a 34% do volume médio de chuva normal para janeiro que é de 237 mm.

 

 

Chuva acima de 100 mm em SP de 1 a 8 de janeiro de 2018 (INMET)

 

 

O total de chuva acumulado em São Paulo ainda está longe de alcançar a média história para janeiro. A média de chuva janeiro é a mais elevada do ano para a maioria das regiões paulistas, variando de 200 mm a 250 mm em quase todo o estado. Mas algumas áreas no litoral e no extremo norte possuem média de chuva acima dos 300 mm para janeiro.

 

Para a maioria das áreas do estado de São Paulo, um total de chuva de 100 a 150 mm representa cerca de 50% da média de chuva para janeiro.

 

Climatologia de chuva para janeiro na Região Sudeste

 


CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

21°
min

32°
max

10mm / 80%

Rio de Janeiro - RJ

23°
min

36°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Cheia
    22/12
  • Minguante
    29/12
  • Nova
    07/12
  • Crescente
    15/12

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06