Entenda porque está chovendo muito no litoral de SC e do PR

09/01/2018 às 23:00
por Josélia Pegorim

Atualizado 11/01/2018 às 11:55

Oferecimento
Uma combinação particular da circulação dos ventos vai deixar o tempo muito instável nos próximos dias entre o litoral sul de SP e de SC

Uma combinação particular da circulação dos ventos, em diversos níveis da atmosfera, vai deixar o tempo bastante instável nos próximos quatro dias na faixa litorânea desde o sul de São Paulo, região de Peruíbe, até o sul de Santa Catarina. A chuva persistente e também volumosa em algumas horas deve ocorrer também sobre a região catarinense do Vale do Itajaí.

 

O aumento da chuva já pode ser percebido na tarde e noite da terça-feira, 9 de janeiro. Por volta das 21 horas, a chuva caía generalizada sobre o litoral catarinense e pelo Vale do Itajaí, até com moderada intensidade, acumulado mais 10 mm por hora em alguns locais. O tempo também se mantinha chuvoso no litoral do Paraná e Grande Curitiba, no litoral sul de São Paulo e pelo Vale do Ribeira (sul de São Paulo), onde o excesso de chuva já provocou grandes alagamentos e queda de barreira no fim de semana passado.

 

A previsão é de que a chuva continue persistente e fique mais volumosa no período de 10 a 14 de janeiro. O total de chuva acumulado nos 4 dias pode ficar entre 100 e 200 mm vários locais da faixa litorânea desde o sul de São Paulo até o litoral sul de Santa Catarina e também no Vale do Itajaí. A região da Grande Curitiba e o Vale do Ribeira também devem ter muita chuva até o dia 14 de janeiro, mas os volumes de acumulados não devem ser tão elevados como nas áreas litorâneas e de encosta. A situação é preocupante e poderá causar alagamentos e deslizamento de terra. Confira o alerta especial.

 

 

Áreas em alerta para chuva volumosa entre o litoral sul de SP e de SC

 

 

Por que a chuva aumenta entre o litoral de SP e de SC?

Em superfície, um sistema de alta pressão atmosférica que fica sobre o mar, ao largo do litoral das Regiões Sul e Sudeste provoca ventos marítimos que injetam muita umidade no sul de São Paulo e sobre o Sul do Brasil. Além disso, uma área de baixa pressão atmosférica se forma no litoral entre o sul de São Paulo e o norte de Santa Catarina. Esta baixa pressão ficará persistente nesta região até o domingo, dia 14 de janeiro, afastando-se para alto-mar só durante o domingo, 15. A baixa pressão força concentração do ar úmido e gera as nuvens de chuva.

 

 

Esquema da circulação de ventos que favorece o aumento da chuva no litoral entre o sul de SP e SC

 

Acima da superfície, a circulação dos ventos sobre o Brasil vai continuar levando o ar úmido e quente que vem das regiões tropicais, da Região Norte, para a região entre São Paulo, o Paraná e Santa Catarina. Esse ar quente e úmido é outro ingrediente que facilita a formação de nuvens de chuva.

 

 

Foto de Ricardo Abreu, Florianópolis (SC)

 

#Fotografeotempo! A sua foto poderá ficar em destaque. Participe!

 

seu vídeo pode ser divulgado no nosso canal do Youtube, no site e nas redes sociais. É só gravar a condição do tempo e mandar para o nosso Whatsapp: 11 9 9420-7548.

 

Notícias - informações importantes do tempo e do clima

 

Agroclima Pro: produtividade e redução de custos para o seu negócio

 

Climatempo Consultoria: monitoramento, planejamento, previsão climática

 

 

 

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

23°
min

29°
max

20mm / 75%

São Paulo - SP

20°
min

28°
max

25mm / 80%

FASES DA LUA

  • Nova
    16/01
  • Crescente
    24/01
  • Cheia
    01/01
  • Minguante
    08/01

ESTAÇÕES DO ANO

  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    22/09