Vento passa de 100 km/h na serra de Santa Catarina  

15/01/2018 às 13:02
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Entenda porque o vento ficou forte na serra de SC e do RS

Fortíssimas rajadas de vento, até acima dos 100 km/h, estão sendo observadas nesta segunda-feira, 15, em áreas mais elevadas da região serrana de Santa Catarina. A ventania começou na madrugada e prosseguiu pela manhã. A região serrana e litoral do Rio Grande do Sul também sentiram fortes rajadas de vento.

 

 

Em Bom Jardim da Serra, na região do morro da Igreja, onde fica o radar meteorológico operado pela Aeronáutica, as rajadas de vento começaram a superar os 90 km/h por volta das 2 horas da madrugada. Entre 5 e 6 horas da madrugada uma rajada chegou aos 108 km/h e outras rajadas entre 100 km/h e 102 km/h foram observadas entre 8 e 11 horas da manhã desta. As medições foram do INMET - Instituto Nacional de Meteorologia.

No Rio Grande do Sul, o INMET registrou 72 km/h em São José dos Ausentes (serra) entre 5 e 6 horas da madrugada. Em Santa Vitória do Palmar/Barra do Chuí, uma rajada chegou aos 74 km/h entre 7 e 8 horas da manhã desta segunda-feira.

 

No decorrer desta segunda-feira, as rajadas de vento seguem intensas nas serras e no litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, podendo ainda atingir velocidades em torno doa 100 km/h nas regiões montanhosas. No litoral, no sul e leste gaúcho e catarinense, incluindo a Grande Porto Alegre e a Grande Florianópolis, podem ocorrer rajadas entre 60 km/h e 80 km/h.

Na Grande Curitiba e no litoral do Paraná, a influência da baixa pressão atmosférica é menor porque estão mais distantes do centro deste sistema. Podem ocorrer rajadas de vento, mas menos intensas, variando de 40 km/h a 60 km/h.

 

Por que está ventando forte?

As fortes rajadas de vento que ocorreram nestas regiões estão associadas a presença de uma área de baixa pressão atmosférica que passa pelo litoral do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. A queda acentuada da pressão do ar no litoral gaúcho aumentou a diferença entre a pressão do ar no litoral e no continente e isto acelerou o movimento do ar, causando os ventos fortes. Porém, o relevo mais elevado, no caso das regiões serranas, colabora para aumentar a velocidade do vento.

 

Baixa pressão atmosférica no litoral da Região Sul do Brasil em 15/01/18

 

 

No decorrer da terça-feira, 16 de janeiro, a área de baixa pressão atmosférica se afasta do litoral da Região Sul e não terá mais influência na intensidade e vem na direção dos ventos.

Um sistema de alta pressão atmosférica passa a atuar no litoral gaúcho nesta terça-feira e pode provocar ventos moderados, com algumas rajadas, mas que não devem superar os 70 km/h.

 

 

Baixa pressão se afasta do Sul do BR no dia 16/01/18

e uma alta pressão atmosférica entre no litoral do RS

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

14°
min

17°
max

85mm / 90%

Porto Alegre - RS

10°
min

15°
max

20mm / 67%