Tempestade alaga ruas e arrasta carros em Belo Horizonte

16/03/2018 às 19:34
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Último fim de semana do outono terá mais pancadas de chuva em MG e que podem ser fortes

O céu se desmanchou em água sobre Belo Horizonte e nas cidades histórias no fim da tarde da última sexta-feira do verão. A chuva muito forte que caiu na região da capital mineira fez com várias ruas e avenidas virassem verdadeiros rios. Diversos vídeos divulgados pelas redes sociais mostraram vários carros sendo arrastados pela forte correnteza e batendo um contra outros ou se chocando contra edifícios.

 

Nuvens carregadas

A chuva volumosa veio de nuvens bastante carregadas que se formaram sobre a Grande Belo Horizonte e na região das cidades históricas por causa da alta temperatura e da grande disponibilidade de umidade.

A sequência de imagens da nebulosidade captadas pelo satélite GOES 16 mostra estas nuvens carregadas como manchas vermelhas, amarelas e em tons de azul claro.

 

 

bh-satelite-1603

 

Raios e Ventania

A chuva veio com muitos raios e ventania. O aeroporto da Pampulha registrou uma rajada de vento com 83 km/h às 17h26. O aeroporto de Confins teve rajada de 51 km/h às 17h34 e o aeroporto Carlos Prates registrou rajada de 62 km/h às 17h00.

A rede Earth Networks de detecção de raios registrou 771 raios sobre Belo Horizonte entre 16 horas e 18 horas, sendo que 309 raios chegaram ao solo e ou outros 462 ocorreram apenas entre as nuvens.

 

Volumes de chuva

Em Belo Horizonte, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 37,2 mm em apenas 1 hora na região da Pampulha. É muita água! Tecnicamente considera-se que um volume de 20 mm em 1 hora como chuva forte. A estação de medição localizada em Cercadinho registrou 28,4 mm entre 16 horas e 17 horas.

Em São João Del Rei choveu 63,6 mm em 2 horas, entre 16 horas e 18 horas, segundo o INMET. Já o CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais - registrou 116 mm em Tiradentes em 3 horas de chuva, entre 15h30 e 18h30. No mesmo período choveu 32,9 mm em Sabará.

 

Março de 2018 poderá ser o março mais chuvoso em BH desde 1961

 

Último fim de semana do verão

Neste fim de semana, o último do verão, a Grande Belo Horizonte e praticamente todo o estado de Minas Gerais terá sol, calor e mais pancadas de chuva à tarde e à noite. Embora a chuva caia por muitas horas e nem de forma generalizada, poderá ser forte em vários locais, incluindo a região metropolitana da capital mineira. A única região que não deve ter chuva é o Vale do Jequitinhonha.

 

O outono começa quente e instável em Minas Gerais e as pancadas de chuva serão frequentes, por vezes fortes, até o fim de março. Na próxima semana, duas frentes frias passam pelo litoral do Rio De Janeiro e vão colaborar para aumentar as condições para chuva sobre Minas Gerais.

 

O outono 2018 começa no dia 20 de março, às 13h15, pelo horário de Brasília. Confira a tendência climática para a estação na Região no Sudeste.

 

 

 

 

Foro de Max Mafra, Belo Horizonte (MG)

CIDADES RELACIONADAS

Rio de Janeiro - RJ

14°
min

25°
max

7mm / 90%

Belo Horizonte - MG

13°
min

26°
max

0mm / 0%