Litoral norte de SP pode ter chuva forte nesta sexta-feira

05/04/2018 às 16:47
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Novos deslizamentos em encostas podem ocorrer. Ar seco predomina em SP no fim de semana.

O ar seco que entrou em São Paulo diminuiu a nebulosidade e as condições para chuva nos últimos dois dias na maioria das regiões paulistas. O tempo seco predomina no estado nos próximos dias, mas nesta sexta-feira, a chuva pode voltar a preocupar em algumas áreas do litoral paulista.

 

Pouca chuva no interior e na Grande SP

Quase todo o estado São Paulo tem uma sexta-feira com sol e tempo firme, sem risco de chuva. Há previsão de algumas pancadas de chuva em parte da tarde e da noite nas regiões próximas da divisa com Minas Gerais e com o Rio De Janeiro, na região de Campinas, na Grande São Paulo, nos Vales do Paraíba e do Ribeira. Mesmo assim, todas estas regiões terão períodos com sol no decorrer do dia.

 

Algumas áreas da capital paulista e da Grande São Paulo podem amanhecer nubladas, com névoa, mas o sol aparece ainda pela manhã. Durante o fim de semana também há possibilidade de névoa de manhã cedo em várias áreas da Grande São Paulo, mas que enfraquece ainda manhã e deixa o sol aparecer. Não há previsão de chuva para a região no fim de semana. A temperatura fica agradável, sem calor exagerado.

 

Risco de chuva forte no litoral

Novas áreas de instabilidade avançam pelo mar, vindas do litoral da Região Sul do Brasil, e se espalham pelo litoral paulista podendo provocar chuva forte.

O tempo volta a ficar instável nesta sexta-feira em todo o litoral de São Paulo, com previsão de muitas nuvens e pancadas de chuva no decorrer do dia. Na região entre Cananeia e Bertioga, a chuva começa na madrugada ou de manhã e pode ser moderada. Não há expectativa de tempestade. No litoral norte, apesar da grande quantidade de nuvens já pela manhã, a previsão é de que a chuva comece durante a tarde. Há risco de chuva forte no decorrer da tarde e noite.

 

 

Foto de Augusto Ayres, Ubatuba (SP)

 

 

Risco de deslizamento

A situação do litoral norte de São Paulo e da Baixada Santista é especialmente preocupante. Os rios estão cheios e as encostas estão encharcadas porque a chuva deu pouca trégua desde o início do ano. Agora, voltando a chover forte, não se pode descartar a ocorrência de novos deslizamentos de terra.

 

Fim de semana

As áreas de instabilidade enfraquecem bastante no litoral de São Paulo no fim de semana e não há expectativa de temporais. As praias paulistas terão várias horas com sol no sábado e no domingo, nas nos dois dias há possibilidade de chuva, mas com fraca intensidade e em poucos lugares.

 

Excesso de chuva

Vários eventos de chuva extrema, com acumulados de 100 a 200 mm em 24 horas já foram observados desde janeiro. O mais recente ocorreu na terça-feira, 3 de abril, quando a região de São Sebastião recebeu de 100 a quase 140 mm de chuva em apenas seis horas! No Guarujá (Perequê) choveu cerca de 80 mm em 12 horas. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, São Sebastião acumulou aproximadamente 750 mm de chuva em 2018, até o dia 5 de abril.

 

Em Bertioga, a chuva forte que caiu entre os dias 21 e 22 de março causou novos deslizamentos e interdições na rodovia Mogi-Bertioga, mas que foi liberada no dia 23 de março.

A quantidade de chuva que já caiu em Bertioga este ano impressiona até os meteorologistas. Pela medição do INMET, somente em março de 2018 choveu cerca de 780 mm! De 1 de janeiro até 5 de abril choveu aproximadamente 1500 mm. A média de chuva anual fica em torno de 1900 mm.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

14°
min

23°
max

1mm / 20%

Rio de Janeiro - RJ

19°
min

25°
max

8mm / 67%