Calor e secura aumentam no Centro-Oeste e no Sudeste

04/05/2018 às 20:39
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Campo Grande foi a capital mais seca e São Paulo foi a segunda no ranking da secura em 4 de maio. Rio de Janeiro e segunda capital mais quente.

 

 

Cuiabá, capital de Mato Grosso, teve 35,8°C de temperatura máxima às 15 horas (Brasília) desta sexta-feira, 4 de maio, mas teve valor poderá aumentar após uma nova leitura de temperatura máxima que o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) fará às 22 horas. A segunda capital mais quente foi o Rio de Janeiro, com máximas de 34,4°C.

 

Campo Grande foi a capital mais seca do país, com 25% de umidade no ar na tarde desta sexta. A capital de Mato Grosso do Sul vem liderando a secura entre as capitais brasileiras desde o feriado de 21 de abril. A segunda capital mais nesta sexta-feira foi São Paulo, com 32% e umidade no ar, às 15 horas.

 

Calor e ar seco

A secura e o calor predominam sobre o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil no primeiro fim de semana de maio. Muito sol e calor é o que deve ser observado em praticamente todas as áreas destas Regiões.

Para Goiás e o Distrito Federal, a previsão é de tempo seco durante todo o fim de semana. A temperatura fica elevada à tarde e o nível de umidade do ar pode ficar entre 20% e 30%.

Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e São Paulo devem ser os estados mais secos no fim de semana. Em áreas de São Paulo e do oeste e do norte de Minas Gerais, a umidade relativa do ar pode baixar de 20%.

 

Onde pode chover?

Há possibilidade de algumas fracas pancadas de chuva no fim de semana no Espírito Santo, mas em geral com a presença do sol. No litoral de São Paulo e no centro-sul do Rio De Janeiro, incluindo a cidade do Rio, podem ter chuviscos, garoa na noite do domingo por com a passagem de uma frente fria pela costa dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro. Mas em Belo Horizonte, onde não chove há 28 anos, o calor e secura aumentam no fim da semana.

 

 

 

Foto: Solange Lopes - Rio de Janeiro - RJ

 

 

Possibilidade de chuva no Centro-Oeste

Na tarde ou noite do sábado, 5 de maio, algumas pancadas de chuva podem ocorrer no oeste de Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai e a Bolívia, e no centro-oeste de Mato Grosso. A chuva que ocorrer pode vir com raios, mas será em pequenas áreas e não vai se prolongar por muitas horas.

 

Apesar do aumento de nuvens, a chance de chover em Campo Grande é baixa. Em 1 mês, desde 4 de abril,  choveu 6 vezes, mas foram 1 dia com chuva moderada e 5 com chuviscos. Há possibilidade de pancadas de chuva na região de Cuiabá, mas o calor vai continuar.

 

Algumas áreas de instabilidade que estão sobre a Bolívia estimulam um aumento de umidade e das condições para chuva neste sábado sobre parte de Mato Grosso e de Mato Grosso do Sul. Mas no domingo, esta influência já será menor e não há expectativa de chuva em Mato Grosso do Sul. Pode chover no domingo na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia.

 

CIDADES RELACIONADAS

Cuiabá - MT

25°
min

40°
max

0mm / 0%

São Paulo - SP

11°
min

18°
max

2mm / 40%