Cantareira abaixo de 50%

09/05/2018 às 07:44
por César Soares

Atualizado 09/05/2018 às 09:32

Oferecimento
Principal reservatório de SP já sofre com a seca

Principal reservatório de SP já sofre com a seca

Os baixos volumes acumulados de chuva refletem em dados que já chamam a atenção dos paulistanos. O Sistema Cantareira, principal reservatório de abastecimento de água da capital paulista, voltou a ficar abaixo dos 50%. A última vez que ocorreu esse registro foi no final do mês de janeiro deste ano.

 

Não começamos oficialmente o período seco para o estado de São Paulo, do ponto de vista Climatológico, que tem seu início, de fato, no mês de junho, quando observamos os menores volumes médios mensais de chuva. Olhando para a chuva acumulada no mês de abril já observamos uma grande queda em relação ao normal para esta época ano. A SABESP registrou apenas 22,4 mm sobre o Cantareira, sendo que a média para abril é de 86,6 mm. Segundo informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) choveu em torno de 30 mm, quando a média climatológica é de 82 mm.

 

Bloqueio atmosférico

Em todas as áreas de captação do Sistema Cantareira tivemos pouca chuva ao longo do mês passado, e essa condição permaneceu no início do mês de maio com o estabelecimento de bloqueios atmosféricos. Os bloqueios atmosféricos são sistemas de alta pressão que matêm o ar seco e quente sobre as regiões centrais do país. O ar úmido proveniente da Região Norte tem dificuldade para avançar em direção ao Centro-Oeste e ao Sudeste. Esses sistemas de alta pressão ainda "barram" as frentes frias que tentam avançar pelo litoral paulista, ou seja, diminui ainda mais a chuva.

 

Com menos chuva disponível e o consumo, resta ao reservatório diminuir o seu volume de água armazenada. É o que vemos nos índices fornecidos pela Sabesp, que mostram atualmente o Sistema Cantareira com menos da metade da sua capacidade. A última vez que estivemos nesta situação foi em 30 de janeiro de 2018, quando ainda estávamos na estação chuvosa e com o volume do reservatório subindo.

 

cantareira

 

 

Já estivemos em situações piores, como mostra o gráfico. No ano de 2015, o Cantareira chegou a ficar "negativo", pois estávamos utilizando a reserva técnica. 

 

O mês de junho deve proporcionar chuva levemente acima do normal para as área de captação do reservatório, mas ainda assim não será suficiente para iniciarmos a estação seca numa situação confortável. Sendo assim, o consumo consciente é a melhor saída para a manutenção do principal reservatório de abastecimento de água.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

16°
min

32°
max

4mm / 90%