Chuva e vento diminuem no RJ e ar polar derruba a temperatura

19/05/2018 às 13:01
por Josélia Pegorim

Atualizado 20/05/2018 às 01:00

Oferecimento
Rajadas chegaram aos 89 km/h na Marambaia, 88 km/h no forte de Copacabana e aos 97 km/h no Pico do Couto (Petrópolis)

 A grande frente fria que estava sendo prevista há dias já chegou à Região Sudeste. O tempo virou no estado de São Paulo na madrugada e manhã do sábado, 19 de maio, e o mesmo acontecia no Rio De Janeiro no começo da tarde. O calor da manhã e as fortes rajadas de vento foram os indícios da aproximação da frente fria.

 

A temperatura no aeroporto Tom Jobim às 11 horas estava em 32°C. Entre 13 e 14 horas, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou  Entre 13h e 14h, o INMET registrou uma rajada de 89 km/h na Marambaia, 88 km/h no forte de Copacabana, duas rajadas com 80 km/h em Resende e no Pico do Couto, nos arredores de Petrópolis, uma rajada chegou aos 97 km/h. 

Mas o aumento do vento começou a ser sentido mais cedo. Uma rajada de vento com 53 km/h no forte de Copacabana foi observada entre 10 e 11 horas deste sábado. No pico do Couto, nos arredores de Petrópolis, várias rajadas de vento passaram dos 70 km/h entre 7 e 11 horas. A mais intensa até às 11 horas foi de 78 km/h.

Rajadas de vento mais fortes, até passando um pouco dos 80 km/h poderão ocorrer na região da cidade do Rio de Janeiro e no estado de Rio de Janeiro na tarde e noite deste sábado, 19 de maio, por causa do avanço da frente fria.

 

RJ tem virada do tempo durante a tarde do sábado

Esta frente fria provocou temporais em São Paulo na madrugada e manhã do sábado, inclusive na região da capital paulista, e o mesmo deve ocorrer no estado do Rio de Janeiro durante a tarde e noite. A  nebulosidade aumenta e a tarde será de atenção para o risco de chuva forte.

Por volta das 9 horas já houve registro de chuva fraca na região de Jacarepaguá e o tempo vai ficando cada vez mais instável, pois as áreas de chuva de São Paulo avançam sobre o Rio de Janeiro.

Acompanhe a chuva pelo radar meteorológico do Sumaré operado pelo Alerta Rio - Prefeitura do Rio de Janeiro.

 

Domingo úmido e frio no RJ

Neste domingo, 20 de maio, ainda chove no estado do Rio de Janeiro, mas com fraca a moderada intensidade e principalmente na madrugada e pela manhã. A tendência é de diminuição da chuva até a noite, mas a nebulosidade persiste.

O problema não será a chuva, mas a acentuada queda da temperatura. A diferença será muito grande em relação ao calor que ainda foi sentido no sábado. Na cidade do Rio, esta queda deve ser quase 10°C,  entre a tarde do sábado e a tarde do domingo. Para muitos cariocas e fluminenses, a sensação térmica neste domingo será de um pouco de frio.

A combinação da chuva, vento, falta de sol e o ar polar  vai causar uma queda de temperatura bastante acentuada. Veja como fica o tempo no RJ nos próximos dias.

 

Recorde de temperatura na capital

A cidade do Rio de Janeiro deve bater o recorde de frio para este ano na segunda e na terça-feira, 22 de maio. Pelos registros do Instituto nacional de meteorologia, a menor temperatura até agora na cidade do Rio foi de 15,5°C, no Alto da Boa Vista , no dia 10 de maio.

 

Frio abaixo de 10°C na serra

Esta massa de ar polar que entra com força no estado do Rio durante o domingo, 20, é a mais forte deste ano no Brasil, até agora. A temperatura vai cair bastante em relação aos últimos dias. Entre os dias 20 e 23 de maio, muito provavelmente teremos recordes de menor temperatura de 2018 em todo o estado do Rio. É provável que a temperatura fique abaixo dos 10°C, ou pouco acima deste valor, nas cidades serranas.

 

Semana fria

O ar polar será sentido sobre o Rio de Janeiro durante toda a próxima semana. Outra frente fria vai passar pelo litoral da Região Sudeste do Brasil entre os dias 23 e 24 de maio, mas desta vez quase sem chuva sobre a Região. Porém, o ar polar desta nova frente fria vai reforçar a massa de ar frio avança sobre o Rio de Janeiro neste domingo, 20. Será frio sobre frio e não vai dar tempo para que o ar esquente muito, mesmo com o sol.

Esta próxima semana será marcada por noites frias e tardes amenas em todo o estado do Rio de Janeiro.

 

Ressaca

Um ciclone extratropical se forma no litoral da Região Sul e entre o domingo, 20, e a terça-feira, 22, vai provocar vento forte no mar, entre o Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro. Isto vai deixar o mar bastante agitado. No Rio de Janeiro, a agitação marítima começa a aumentar no domingo e há risco de ressaca, do litoral sul até Arraial do Cabo, com ondas de até 3 metros  durante a segunda e também na terça-feira, 22 de maio.

 

 

 

 

 

 

Foto de Wanderley Mattos, Rio de Janeiro (RJ)

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

12°
min

27°
max

0mm / 0%

Boa Vista - RR

24°
min

33°
max

10mm / 80%