O dia em que "nevou" em São Paulo

24/06/2018 às 14:41
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Saiba o que ocorreu em um dia gelado há 100 anos na capital paulista.

Por Ana Lúcia Frony de Macedo, meteorologista

 

No dia 25 de junho de 1918 José Nunes Belford Mattos, um dos pioneiros da meteorologia no Brasil registrou neve em sua caderneta de observações. A estação meteorológica ficava na Avenida Paulista, um dos pontos mais altos da cidade ainda cercada de uma grande floresta de Mata Atlântica. Segundo anotações a cidade estava coberta por uma forte neblina quando “nevou” e em seguida o tempo abriu rapidamente.

 

Não era neve

Ao que tudo indica o que ocorreu foi a sublimação do nevoeiro, quando a água passa direto do estado gasoso para o sólido. Com isso se formam cristais de gelo, praticamente uma “poeira de neve” como a que vemos em geladeiras antigas. Como a quantidade de água é pequena a condensação consome todo o vapor d´água em poucos minutos e o céu fica bem azul.

Os termômetros marcavam 3,0°C negativos a 2 metros do solo e no chão certamente a temperatura era bem menor. Como estava muito frio, este gelinho não derreteu ao tocar o solo criando uma camada branca e dando um aspecto europeu à cidade. O fenômeno durou pouco, o gelo não resistiu ao sol da manhã.

 

Sem nuvens

Para os meteorologistas a neve é uma precipitação e como a chuva ela se forma dentro de uma nuvem e cai. Neste dia (25/6/1918) não houve registro de nebulosidade e por isso este gelo não pode ser qualificado como neve, um argumento técnico que não afetou em nada o encantamento dos moradores da cidade à um século atrás.

 

 

Como a neve se forma?

Neste Explicando o Tempo você vai entender como a neve se forma. Quais as condições para que o fenômeno ocorra no Brasil?  Veja também as explicações do meteorologista Carlos Magno sobre o evento de "neve" que ocorreu em junho de 1918 na Avenida Paulista.

 

 

 

 

Av. Paulista no início do século 20

As fotos abaixo mostram um pouco do que era a Avenida Paulista no começo do século 20. São fotos do acervo da Biblioteca Nacional, com sede no Rio de Janeiro, e o ano provável das imagens é o de 1902. É possível ver vários dos casarões da Avenida Paulista, que hoje praticamente não existem mais. A Casa das Rosas é um dos poucos casarões que foram conservados.

 

 

Casarões da Av. Paulista, em São Paulo, possivelmente no ano de 1902

Crédito da foto: Biblioteca Nacional

 

 

Avenida Paulista no começo do século 20 (ano provável: 1902)

Crédito da foto: Biblioteca Nacional

 

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

11°
min

21°
max

0mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

10°
min

26°
max

0mm / 0%

FASES DA LUA

  • Cheia
    16/07
  • Minguante
    24/07
  • Nova
    02/07
  • Crescente
    09/07

ESTAÇÕES DO ANO

  • Inverno
    21/06
  • Primavera
    23/09
  • Verão
    22/12
  • Outono
    20/03