Maior risco de nevoeiro no Sul e no Sudeste nesta quinta-feira

04/07/2018 às 20:09
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Fenômeno pode ser formar nos principais aeroportos do Sul e do Sudeste, incluindo São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba

O tráfego aéreo no Brasil pode ficar mais complicado nesta quinta-feira porque há risco de nevoeiro no início da manhã nos aeroportos de São Paulo e do Rio de Janeiro, os maiores e mais movimentados do país, e também em importantes aeroportos da Região Sul.

 

O nevoeiro é um fenômeno de previsão complexa porque pode ocorrer em qualquer época do ano, em qualquer lugar e em em qualquer horário do dia ou da noite, desde que a atmosfera esteja com condições apropriadas. Para complicar ainda mais o trabalho dos meteorologistas, podemos ter nevoeiro no continente e também sobre o mar!

 

Porém, a baixa temperatura e a umidade do ar muito elevada são dois dos principais fatores que geram a formação do nevoeiro. A inversão térmica próxima da superfície é outra situação meteorológica que pode gerar o nevoeiro.

 

Nesta quinta-feira, 5 de julho, a atmosfera fria e úmida e a inversão térmica devem ser as principais condições meteorológicas que podem gerar o nevoeiro no leste da Região Sudeste, no leste do Paraná e em Santa Catarina.

Além dos aeroportos, o nevoeiro também pode se formar em estradas restringindo a visibilidade e tornando as viagens perigosas. Fique atento!


Entenda o que é como o nevoeiro se forma

 

Nevoeiro no Sudeste

Na Região Sudeste, a restrição de visibilidade pode ocorrer tanto nos aeroportos internacionais Guarulhos e Tom Jobim, como no Santos Dumont e em Congonhas, que operam a ponte aérea Rio-São Paulo.

Além as duas capitais, o nevoeiro também poderá se formar em outras regiões do estado do Rio De Janeiro, como na região serrana, e no leste de São Paulo, atingindo o Vale do Paraíba, por onde passa  rodovia Presidente Dutra, uma das mais importantes do país.

Em Minas Gerais, o nevoeiro poderá ser formar em áreas da Zona da Mata Mineira, do Vale do Rio Doce e do Vale do Jequitinhonha e também em vários locais do Sul de Minas.

No Espírito Santo, uma forte névoa ou até o nevoeiro podem se formar em áreas mais elevadas do centro-sul do estado.

 

 

Foto de Gabriel Garcia, Nova Esperança (PR)

 

 

Nevoeiro no Sul do Brasil

No Sul do Brasil, o risco de formação de nevoeiro é alto no leste do Paraná, podendo ocorrer também na região da Grande Curitiba, restringindo a visibilidade no aeroporto internacional Afonso Pena.

Áreas como Vale do Itajaí, a serra e os planaltos catarinenses também são regiões sujeitas a nevoeiro nesta quinta-feira. Mas desta vez, o fenômeno poderá ocorrer até na região de Florianópolis, o que não é muito comum.

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

10°
min

22°
max

0mm / 0%

São Paulo - SP

12°
min

21°
max

0mm / 0%