Secura e calor continuam no Sudeste

18/07/2018 às 19:09
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Julho deve terminar com grande frente fria que poderá trazer alguma chuva para a Região Sudeste

Mais uma frente fria passou pelo litoral de São Paulo e do Rio De Janeiro na última terça-feira, mas o quadro de secura e de calor não se alterou na Região Sudeste. O nível de umidade no ar na cidade do Rio de Janeiro baixou para 36% na tarde desta quarta-feira, 18, na região da base aérea de Santa Cruz. Na cidade São Paulo, o vento quente e seco voltou a predominar e o nível de umidade baixou para 28% na zona norte, pela medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia na estação meteorológica do Mirante de Santana.

 

O estado de São Paulo tem sido um dos locais mais secos do Brasil esta semana, com níveis de umidade abaixo dos 20%, comparáveis aos do sertão do Nordeste. Níveis de umidade no ar entre 20% e 30% também estão sendo observados com frequência no norte e no oeste de Minas Gerais.

O estado do Espírito Santo é o que menos tem sentido a secura do ar no Sudeste esta semana. Na tarde de 18 de julho, quarta-feira, os menores índices de umidade relativa do ar ainda estavam pouco acima dos 40%.

 

As altas temperaturas também merecem destaque no Sudeste. Os termômetros estão marcando mais de 30°C facilmente em muitas áreas de São Paulo, do Rio de Janeiro e de Minas Gerais.

 

Capitais sem chuva

A falta de chuva no Sudeste em julho é até comum, mas a deficiência de chuva vem sendo notada desde maio. Entre as capitais, as que estão a menos tempo na secura são o Rio de Janeiro, que teve um pouco de chuva entre os dias 11 e 13 de julho. Vitória ainda não teve chuva em julho, mas não vem tendo problemas com seca. A chuva de junho ficou 163% acima da média normal, que é de aproximadamente 53 mm. Mas em Belo Horizonte e em São Paulo praticamente não choveu desde o início de maio. Em 79 dias ( de 1 de maio a 18 de julho), o Instituto Nacional de Meteorologia registrou alguma chuva em São Paulo em apenas 8 dias. Na capital mineira foram só 5 dias (em 79 dias) com alguma chuva.

 

Secura e calor continuam

Pelo menos até esta sexta-feira, 20 de julho, nada muda no tempo na Região Sudeste. Toda a Região continua ensolarada, sem condições para chuva e com temperatura elevada, em geral acima do normal para os padrões de julho. Nas horas mais quentes do dia, o nível de umidade no ar cai para valores entre 20% e 30% na maioria das áreas de São Paulo, de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Mas alguns locais no norte e oeste de São Paulo podem registrar menos de 20% no ar.

No Espírito Santo, a umidade relativa do ar tende a baixar para marcas entre 30% e 40% especialmente no fim de semana.

 

 

Foto de Luciana Sacramento, Belo Horizonte (MG)

 

Frente fria no fim de semana

Outra frente fria vai passar pelo litoral da Região Sudeste no próximo fim de semana, mas não terá força para causar grandes mudanças no tempo.

Em São Paulo, a nebulosidade e a umidade no ar aumentam durante o sábado em parte do estado, mas só há previsão de chuva para o litoral no domingo. Na Grande São Paulo, como em todo o leste do estado, o domingo, 22 de julho, será úmido e com temperatura amena. Pode garoar em alguns locais do sul da Grande São Paulo.

No Rio de Janeiro, a mudança no tempo causada por esta frente fria também será sentia no próximo domingo. A nebulosidade aumenta no estado, a temperatura cai e pode chover no Grande Rio e no litoral sul.

Em Minas Gerais, a passagem desta frente fria só deve causar um aumento de umidade e de nebulosidade em regiões como o Sul de Minas, a Zona da Mata Mineira e no Vale do Rio Doce, mas isto é mais provável de ocorrer entre o domingo e a segunda-feira.

Já no Espírito Santo, o fim de semana será mais quente e seco. A nova frente fria poderá provocar um pouco de chuva na segunda-feira, inclusive em Vitória.

 

Chuva à vista?

Mas o mês de julho vai terminar com uma frente fria mais forte e com maior potencial para a chegar com chuva ao Sudeste. A previsão é que esta frente fria provoque chuva na Região entre os dias 25 e 28 de julho, mas não será chuva generalizada.

O ar frio desta frente fria causa queda da temperatura acentuada.

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

11°
min

25°
max

0mm / 0%

Rio de Janeiro - RJ

14°
min

29°
max

0mm / 0%