Chuva se espalha por Santa Catarina e aumenta no Paraná

22/08/2018 às 11:51
por Maria Clara Machado

Atualizado 22/08/2018 às 12:34

Oferecimento
Situação é de atenção com a persistências das áreas de instabilidade.

A chuva continua espalhada pelo estado de Santa Catarina e aumentou sobre o sul e o leste do Paraná, mudando o tempo em Curitiba. A situação é de atenção especialmente no leste catarinense para a persistência da instabilidade e da chuva ao longo desta quarta-feira (22), alertam os meteorologistas. 

 

Chuva é frequente em SC 

Nas últimas 24 horas, entre às 11 horas de terça-feira (21) e às 11 horas desta quarta, os maiores acumulados de chuva foram de 35,4 mm em Ituporanga, 34,8 mm em Curitibanos, 28,4 mm em Rancho Queimado, 28,2 mm em Major Vieira27,6 mm em Novo Horizonte. Vários outro municípios registraram volumes entre 10 a 25 mm. A capital Florianópolis teve 25,2 mm de chuva até o final da manhã de hoje. Todos os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). Somando dois dias de chuva no estado, algumas cidades já acumularam volumes superiores a 60 mm. 

 

"A chuva vai continuar frequente no decorrer da tarde e da noite, caindo moderada em alguns momentos, mas sem a presença de raios. Como será persistente poderá acumular volumes elevados até o final do dia", afirma a meteorologista Fabiana Weykamp. 

 

No leste do Paraná, incluindo a Grande Curitiba, o tempo também fica fechado e a chuva pode ocorrer a qualquer hora. Desde cedo já chovia na capital. 

 

Outra região que chama a atenção é sul gaúcho, onde novas áreas de instabilidade atuam provocando chuva nesta quarta. A Grande Porto Alegre, o litoral e a região serrana, também ficam com o tempo chuvoso. 

 

Foto: Mário Ziliotto. Florianópolis/SC
 

Na imagem de satélite é possível observar a grande quantidade de instabilidade sobre a Região Sul, resultado de uma frente fria no mar e da atuação de sistemas de baixa pressão ao largo de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Os ventos úmidos de uma massa polar no oceano também estão soprando constantes sobre o leste catarinense ajudando a manter a nebulosidade. "É a combinação destes sistemas meteorológicos que mantém o tempo instável e as condições de chuva ao longo do dia", completa Weykamp.  

 

sat_Sul_22.08

 

Quando a chuva diminui?

Amanhã (23), toda a instabilidade tende a perder força sobre o Sul do Brasil. O dia ainda vai começar com bastante umidade e condições para névoa em diversas áreas, mas depois o tempo abre e a tendência é de sol, com elevação nas temperaturas. 

 

Apenas o estado do Paraná, ainda pode ter algumas rápidas pancadas de chuva, ainda assim o sol já aparece e as nuvens diminuem. 

 

Veja no Agroclima: Umidade do solo beneficia as lavouras de inverno 

 

  

CIDADES RELACIONADAS

Florianópolis - SC

15°
min

21°
max

3mm / 90%

Porto Alegre - RS

12°
min

19°
max

0mm / 0%