Semana começou com mais umidade no leste de SP

10/09/2018 às 10:56
por Josélia Pegorim

Oferecimento
Níveis de umidade no ar continuam muito baixos no norte e oeste de SP

A semana começou com queda da temperatura e aumento de umidade no leste de São Paulo. Após  passagem de uma frente fria em alto-mar no fim de semana, o vento marítimo ganhou força trazendo mais ar úmido do mar. O aumento da umidade facilita a formação de mais nuvens, mas que não escondem o sol e nem provocam chuva.



O vento marítimo é provocado por uma grande massa de ar frio de origem polar que está sobre o mar, na costa da Região Sul do Brasil. Por isso, o ar úmido chega também frio a São Paulo. Assim, mesmo com a presença do sol, a temperatura não sobe muito. Na capital paulista, a sensação é de um pouco de frio especialmente no começo da manhã e a partir do fim da tarde.

 

Baixa umidade no interior de SP

O vento marítimo chega fraco ao interior de São Paulo e não consegue levar muita umidade para as áreas onde o ar tem estado muito seco nos últimos dias, como no oeste e norte do estado. Ontem, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 12% de umidade no ar em Jales, Votuporanga e em Presidente Prudente. Na capital, a medição automática às 14 horas do domingo, 9, indicou 40% de umidade no ar. Níveis de umidade no ar entre 10% e 20% devem continuar ocorrendo no centro-oeste e norte de São Paulo esta semana.

 

O vento marítimo predomina até a quarta-feira e até lá, a Grande São Paulo e todo leste do estado não terão problemas com o desconforto do ar muito seco. Há previsão de garoa no litoral e no Vale do Ribeira.

 

Pancadas de chuva

Uma mudança na circulação dos ventos a partir da quinta-feira, 13 de setembro, traz pancadas de chuva e aumento da temperatura para o estado de São Paulo. A chuva não deve ser generalizada, mas pode ocorrer também na Grande São Paulo. Confira os mapas de previsão para a semana.

 

 

Foto de Camila Ramos - São Paulo, SP

 

CIDADES RELACIONADAS

São Paulo - SP

15°
min

21°
max

0mm / 0%